E-mail: [email protected]
Rádio
  • Geral
  • Ratinho pode comprar TV Difusora, diz colunista

    O empresário e apresentador Carlos Massa, o “Ratinho”, pode estar próximo de fazer mais uma grande aquisição para a expansão de seus negócios em comunicação. Por meio da Rede Massa, o comunicador estaria interessado na compra da TV Difusora.

    Segundo o colunista de O Globo Ancelmo Gois, Ratinho estaria interessado, também, na compra de outra afiliada do SBT: a TV Alterosa, de Minas Gerais. A aquisição de qualquer uma das duas – ou das duas – consolidaria o projeto de expansão da Rede Massa, iniciado pela Rádio Massa, que já se encontra em território paulista, com diversas emissoras no interior de São Paulo. No caso da rede de televisão, este seria o primeiro passo fora do estado do Paraná.

    No caso particular da emissora pertencente a família Lobão, o que corrobora para um desfecho positivo para o empresário paranaense é a situação em que se encontra a TV Difusora. Com notícias sobre sua venda e o loteamento de espaços em sua programação, a crise na emissora se evidencia no ar.

    8 de fevereiro de 2016 às 12:19 | Por:

  • Geral
  • Palácio dos Leões está insatisfeito com serviços de agências de publicidade

    Campanhas à la Gorete: governo insatisfeito.

    Campanhas à la Gorete: governo insatisfeito.

    O governo do estado já não esconde a insatisfação com os serviços prestados pelas agências que assumiram sua verba publicitária

    Ao assumir o novo posto, o secretário de Comunicação e Assuntos Políticos, Márcio Jerry, compartilhou com jornalistas e publicitários que espera mais do trabalho realizado até agora.

    Vencedoras da problemática concorrência realizada no ano passado, as empresas Mallman Marketing, Clara Comunicação e Eurofort Comunicação tem deixado a desejar e criado sérios problemas à imagem de Flávio Dino (PCdoB), que não consegue ver suas ações serem comunicadas de forma eficiente.

    Mas é “claro” que o novo secretário está de olho na qualidade baixa dos serviços prestados.

    Cabe lembrar que maior parte dessa fatia publicitária é controlada por uma agência que tem no portfólio as malsucedidas campanhas de João Castelo à reeleição e de Edinho Lobão ao governo.

    22 de janeiro de 2016 às 18:31 | Por: