11 de janeiro de 2017 | Por:

A ex-governadora Roseana Sarney (PMDB) durante seu último mandato fez questão de dobrar o aluguel do Shopping Jaracati, de propriedade de José Sarney, onde funcionava uma unidade do Viva Cidadão.

O prédio foi alugado pelo falecido ex-governador Jackson Lago (PDT), em dezembro de 2008, pelo valor de R$ 17.988,17 através da Secretaria de Gestão e Previdência Social. Logo após o fim do contrato, em dezembro de 2013, quando Roseana já era governadora, um novo contrato de locação foi assinado por 36 meses, e o valor do mesmo prédio foi reajustado para exorbitantes R$ 31.608,17. O valor do aluguel por três anos totalizou R$ 1. 137.894,12. Tudo feito sem qualquer tipo de explicação que justificasse esses números.  Detalhe que no local, não existe mais o Viva Cidadã. Todas as informações estão contidas no Diário Oficial do Estado.

Foi sobre esse contrato que o governador Flávio Dino (PCdoB) se referia em uma postagem nas redes sociais, ao citar que no Governo de Roseana ela alugou um prédio do próprio pai. Além de manter o imóvel, a peemedebista dobrou o valor mensal. A patifaria só acabou quando a oligarquia deixou o Palácio dos Leões.

 O governador chegou ainda a fazer uma comparação com a reclamação por parte da oposição em relação ao aluguel do prédio da Funac, que custa R$ 9 mil, um terço do valor pago por Roseana pelo imóvel da sua família.