E-mail: [email protected]
Rádio
  • Política
  • Deputado Vinícius Louro pede folga porque trabalhou dois expedientes

    O deputado estadual Vinícius Louro (PR) está cansado.

    Trabalhou hoje (15) dois expedientes – porque a sabatina do secretário Clayton Noleto (PCdoB) na Assembleia Legislativa começou às 11h e terminou pouco antes das 18h – e já queria folga amanhã (16).

    Por isso, chegou a pedir formalmente ao presidente em exercício da Casa, deputado Othelino Neto (PCdoB), que desse folga a todos os servidores da Mesa Diretora.

    Sem funcionários na Mesa, seria impossível a realização de sessão plenária na quinta-feira. Ou seja: Louro queria mesmo era descansar.

    Coisas de quem não está acostumado a trabalhar o dia inteiro.

    Coube ao próprio Othelino lembrar ao colega que a realização das sessões plenárias é regimental, não cabendo seu adiamento por mero ato discricionário do presidente do Legislativo.

    Blog do Gilberto Leda

    16 de fevereiro de 2017 às 12:10 | Por:

  • Política
  • Waldir Maranhão não desiste

    Mesmo sem a menor chance de disputar uma vaga ao Senado, o deputado federal Waldir Maranhão (PP) não entrega o jogo.

    Ontem, 90 prefeitos do interior do Estado chegaram a Brasília para cobrar mais recursos da saúde do Governo Federal, mas apenas 10 aceitaram ouvir o parlamentar. O resto, simplesmente  ignorou.

    Maranhão tenta reunir um grupo de políticos que possam lhe sustentar para barganhar uma vaga ao Senado em alguma chapa em 2018. Mas o tiro saiu pela culatra.

    16 de fevereiro de 2017 às 11:20 | Por:

  • Política
  • Ex-prefeito de Pio XII é denunciado por omitir dados em investigação do Ministério Público

    ex-prefeito de Pio XII, Paulo Roberto Sousa

    O Ministério Público do Maranhão denunciou o ex-prefeito de Pio XII, Paulo Roberto Sousa Veloso e a ex-secretária de Administração, Luciene Oliveira Sales, por não fornecerem dados sobre licitações para obras de pavimentação e recuperação de estradas vicinais no município.

    A manifestação é baseada no Inquérito Civil nº 16/2016, instaurado em setembro de 2016, com o objetivo de averiguar a regularidade das obras.

    Segundo o promotor da comarca, Francisco Thiago da Silva Rabelo, o ex-prefeito entregou parcialmente cópias de contratos, empenhos e ordens de pagamento referentes ao período de 2013 a 2016. Após um mês, o requerimento foi encaminhado à ex-secretária de Administração, que não entregou os dados.

    “A omissão do ex-prefeito e da ex-secretária prejudicou o curso das investigações, que ficaram paralisadas, uma vez que os dados técnicos imprescindíveis não foram fornecidos”, relata o promotor, na manifestação.

    O MPMA pede a condenação do ex-prefeito e da ex-secretária à reclusão no período de um a três anos, além do pagamento de multa.

    16 de fevereiro de 2017 às 9:18 | Por:

  • Política
  • Família Sarney sente saudade do poder e prepara pacote de candidaturas em 2018

    Não se surpreenda caso no próximo ano o nome da família Sarney ganhe destaque não apenas nas manchetes policiais, mas no horário eleitoral. Enfraquecida com a perda do Governo do Estado, sem representantes em primeiro grau no Senado e na mira da polícia, o patriarca José Sarney prepara um pacote de candidaturas.

    Sarney e Roseana acharam que pudessem viver sem mandato, apenas desfrutando do patrimônio adquirido ao lango de quatro décadas de poder. Eles não imaginavam as barras da justiça nos seus calcanhares. A candidatura da ex-governadora Roseana não é novidade. Em busca de foro privilegiado e de outras benesses seu nome é certo nas próximas eleições. Basta combinar com o irmão, Sarney Filho, qual será candidato ao governo ao senado ou até ao parlamento federal. Adriano Sarney é o representante oficial na Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão. Dessa forma teria um Sarney candidato ao governo, ao senado, a deputado federal e a deputado estadual, fechando assim o santinho distribuído ao eleitor.

    Porém, a surpresa maior é a volta de José Sarney ao senado. Aos 86 anos, o velho oligarca cogita mais uma candidatura pelo Amapá. Ele conta com o apoio do governador Waldez Góes (PDT), principal aliado nas últimas cinco eleições e tem liderado as pesquisas no Estado.

    15 de fevereiro de 2017 às 21:50 | Por:

  • Política
  • Mais um episódio que demonstra a transparência do governo. E a descompostura da oposição…

    O secretário de Infraestrutura, Clayton Noleto, esteve nesta quarta-feira, na Assembleia Legislativa do Maranhão (Alema). Clayton atendeu convite dos deputados estaduais para explanar sobre o andamento de um dos principais cartões de visita do governo Flávio Dino: o programa Mais Asfalto.

    Convite que poderia ter sido facilmente derrubado na Alema pela ampla maioria do governo na Casa. Mas a opção do governo foi aprovar o convite. Um sinal de respeito à instituição do Legislativo. E uma forma de dar ainda mais transparência ao programa.

    O resultado já sabemos. A oposição deu mais um show de descompostura. Em vez de debater o Mais Asfalto, quis aproveitar o tempo com o secretário para tentar fazer “pegadinha”. Como perguntar até detalhes da obra do Viva na Beira Mar.

    Sem pauta, a oposição vem buscando mesmo pelo em ovo. E na falta de encontrá-los, só resta mesmo lamentar, como fez o deputado Edilázio Jr, que reclamou durante a audiência que já metade das cidades do Maranhão tenham recebido algum tipo de asfaltamento.

    15 de fevereiro de 2017 às 16:43 | Por:

  • Política
  • Vereador de Imperatriz apresenta projeto de Ficha limpa que pode atingir Sérgio Macedo

    Sérgio Macedo

    O vereador Ricardo Seidel (Rede) da Câmara Municipal de Imperatriz apresentou projeto que instituiu a Ficha Limpa no âmbito da administração municipal para nomeação de servidores em cargos comissionados. O Projeto de Lei 05/2017, de Seidel, alcança autarquias e fundações ligadas à prefeitura.

    Em artigo 1º, o projeto veda a nomeação para qualquer cargo de provimento em comissão nos poderes Executivo e Legislativo. Estão assim impedidos de ocupar cargos quem tenha sido condenado pela prática de situações descritas pela legislação eleitora, conforme artigo 1º da Lei Complementar 64/1990, que configurem hipóteses de inelegibilidade.

    Ex-secretário de comunicação do estado no governo Roseana Sarney, o assessor de comunicação da prefeitura de Imperatriz, Sérgio Macedo, caminha para ter sua nomeação suspensa. Ele responde a ação civil pública por improbidade administrativa com base em auditoria da Secretaria de Estado da Transparência que o aponta como autor de irregularidades na realização das comemorações dos 400 anos de fundação de São Luís e outras festas mais com dispensa de licitação.

    Pelo projeto, antes da nomeação, o indicado deverá obrigatoriamente apresentar declaração de que não se encontra em situação de vedação. A exigência se aplica a ocupantes de cargos de chefia e assessoramento que tiverem contas rejeitadas, assim como todos os atos efetuados em desobediências à vedações previstas em lei.

    A fiscalização da lei deve ser exercidas pelos poderes Executivo e Legislativo que poderão solicitar aos órgãos competentes informações e documentos que corroborem as exigências legais.

    Prefeito e presidente da Câmara de Vereadores de Imperatriz têm prazo de 90 dias a contar da publicação da lei para promoverem a exoneração dos atuais ocupantes de cargos em comissão que se enquadrarem nas vedações previstas pela Lei Denúncias do descumprimento da medida legal deverão ser encaminhadas ao Ministério Público.

    15 de fevereiro de 2017 às 14:57 | Por:

  • Política
  • Pastor Porto deve assumir Secretaria de Relações Institucionais do Governo

    O Pastor Porto (PPS) deve ser o escolhido para ocupar a recém-criada Secretaria de Relações Institucionais do Governo do Estado.

    No último dia 6, Flávio Dino (PCdoB) anunciou através do Twitter uma minirreforma na estrutura do governo. Entre essas mudanças, estava a Secretaria de Relações Institucionais. “Prosseguindo com medidas de racionalização administrativa, estamos realizando algumas extinções e fusões de órgãos e entes. Será reinstalada a Secretaria de Relações Institucionais. Com as mudanças, haverá economia de gastos e não haverá criação de cargos”, frisou o governador.

    Pastor Porto tem sido um conciliador. Depois de ser cotado para assumir a liderança política em Imperatriz, agora deve ganhar status de secretário. No ano passado, abriu mão da candidatura a prefeito de Imperatriz em favor da pedetista Rosângela Curado, apoiada por Flávio Dino. Além disso, o governo contempla o PPS onde Porto é uma das principais figuras junto com a deputada federal Eliziane Gama.

    15 de fevereiro de 2017 às 11:58 | Por:

  • Política
  • Josimar de Maranhãozinho comanda balcão do PR para eleições de 2018

    O Partido da República, PR, no Maranhão comandado no estado pelo deputado estadual Josimar de Maranhãozinho, cearense que fez fortuna na região madeireira do estado, tem quase todos os diretórios municipais ainda em situação de transitoriedade. São comissões provisórias controladas com mão de ferro pelo diretório estadual. Maranhãozinho ensaia candidatura ao Senado Federal. Dependendo das negociações, facilmente mudará os planos para 2018.

    As comissões provisórios do partido nas eleições de 2016 conseguiram eleger sete prefeitos em municípios maranhense. Três deles têm ligações consanguíneas, familiares ou fortes vínculos com o deputado Josimar, mais votado nas eleições em 2014.

    Fundado em dezembro de 2006, o PR é dirigido nacionalmente pelo Antonio Carlos Rodrigues, ex-ministro do transporte do governo Dilma Rousseff, e possui a quarta maior bancada na Câmara Federal, com 39 deputados liderados na Câmara pelo deputado Aelton Freitas (MG). Elegeu 296 prefeitos no país e 118 vereadores em 83 municípios do Maranhão nas eleições de 2016. Está no comando da Câmara Municipal de São Luís, onde tem dois vereadores, o presidente da Mesa, Astro de Ogum e Aldir Filho, sobrinho de Maranhãozinho. São estes alguns dos números que o deputado colocará na mesa para conversas políticas.

    15 de fevereiro de 2017 às 9:41 | Por:

  • Política
  • PDT reúne vereadores em seminário para orientar mandato e consolidar nome de Ciro Gomes

    Terceira força partidária no Maranhão, o Partido Democrático Trabalhista (PDT) reúne os vereadores eleitos em 2016 pela legenda em seminário nacional realizado em Brasília na quinta, 17, e sexta-feira, 18, no Hotel Nacional, em Brasília, com objetivo de promover a integração entre filiados de todos país. O ponto alto do evento será a participação do pré-candidato a presidente da legenda, o ex-ministro Ciro Gomes.

    Durante dois dias os participantes vão discutir “O trabalhismo e a nova gestão pública municipal – Desafios à construção de um mandato transparente e participativo”, tema central do seminário. Mais de 500 vereadores e líderes estão inscritos. No Maranhão o partido elegeu 28 prefeitos em 2016, incluindo o prefeito da capital, Edivaldo Holanda Júnior.

    O secretário-geral do PDT e presidente d Fundação Leonel Brizola, Alberto Pasqualini, Manoel Dias, acha o momento importante para mobilização nacional do partido para conter a ofensiva da direita conservadora que avança no país. “Nosso partido é aquele que conseguiu escapar desta avalanche de denúncia de corrupção e todos os males que foram feitos nos últimos anos”, tem destacado Dias.

    15 de fevereiro de 2017 às 8:34 | Por:

  • Política
  • Contrariando boatos, carnaval da Passarela do Samba vai acontecer

    Desmistificando os boatos levianos de que o Carnaval de Passarela de São Luís estaria ameaçado, a Prefeitura de São Luís iniciou a montagem da estrutura da Passarela do Samba, garantindo, assim, o corredor para o tradicional desfile de blocos e escolas de samba de São Luís.

    Mesmo enfrentando uma crise econômica sem precedentes entre os municípios brasileiros, a administração Edivaldo Holanda Júnior dá um recado claro de que as manifestações culturais tradicionais devem ser valorizadas. A festa é, mais uma vez, organizada em parceria com o Governo do Estado, repetindo a parceria já consagrada nos últimos anos.

    Segundo divulgado pela Prefeitura, a estrutura disponibilizada aos brincantes na passarela do Samba contará ainda com banheiros químicos, central de atendimento de urgência, iluminação, som, barracas de bebidas e comidas, arquibancadas, camarotes e área de concentração de agremiações.

    Além de cumprir um compromisso com a cultura popular, Edivaldo, de forma inteligente, entende que investir no setor é também uma forma de movimentar a economia e o turismo local. Sem dúvida, um investimento acertado em tempos de crise econômica. Quem chegou a torcer pelo fim das festas populares em São Luís já está descobrindo que as tradições continuam bem vivas.

    14 de fevereiro de 2017 às 22:18 | Por: