E-mail: [email protected]
Rádio
  • Política
  • Morosidade do Ministério da Justiça emperra entrega de 20 viaturas para Conselhos Tutelares do Maranhão

    A dificuldade com que os conselheiros tutelares atuam no interior do Estado não é novidade. Pior é saber que existem iniciativas que poderiam auxiliar neste serviço, mas é dificultada pela morosidade do Ministério da Justiça e da Secretaria dos Direitos Humanos em encontrar uma espaço na agenda.

    O deputado federal Weverton Rocha (PDT) destinou R$ 2 milhões em emendas parlamentares para aquisição de 20 viaturas e kits que incluem computadores e freezer. O objetivo é beneficiar 20 Conselhos de municípios do interior do Maranhão. Os veículos foram adquiridos há meses e pela demora do Governo Federal, estão mofando na concessionária Citroen de São Luís. Em discurso na Câmara Federal, o parlamentar denunciou a situação.

    “Os municípios estão todos prontos para receber e eu ligo toda a semana para o Ministério da Justiça para marcar a agenda para entregar para os vinte municípios do interior do Maranhão esses kits dos conselhos tutelares”, denunciou o deputado.

    O pedetista isentou os municípios de qualquer culpabilidade em razão da burocracia para receberem o benefício e pediu urgência do Governo Federal em resolver a situação.

    “Não venha dizer que é falta de documento, porque os municípios estão prontos para receber. Não entregou, porque o Ministério da Justiça e a Secretaria de Direitos Humanos não têm agenda para entregar”.

    22 de fevereiro de 2017 às 18:36 | Por:

  • Política
  • Flávio Dino confirma dois novos nomes em seu secretariado

    O governador Flávio Dino (PCdoB) confirmou no inicio da tarde de hoje, através do Twitter, os nomes do vereador Pedro Lucas Fernandes e do ex-vice-governador, Pastor Porto, que agora fazem parte da equipe de Governo. A dupla vai assumir duas novas pastas criadas recentemente.

    Pastor Porto foi o escolhido para comandar a recém-criada Secretaria de Relações Institucionais do Governo do Estado.

    O vereador Pedro Lucas Fernandes (PTB) assume o comando da Agência Metropolitana, responsável pela integração entre os municípios da grande São Luís.

     

     

     

    22 de fevereiro de 2017 às 15:45 | Por:

  • Política
  • Sérgio Frota exalta investimentos do Governo no futebol e afirma que foi mal interpretado

    O deputado Sérgio Frota (PSDB) enviou nota oficial à imprensa para dizer que foi mal interpretado durante discurso na tribuna da Assembleia, quando falava sobre os investimentos do Governo do Estado no futebol maranhense.

    Segundo o tucano, a iniciativa do Governo, através da Secretaria Estadual de Esporte e Lazer, é louvável. No total foram destinados R$ 1,8 milhão ao futebol. O valor será divido: metade para os clubes e os outros 50% para a organização e divulgação do campeonato maranhense.

    “Talvez por não ser da área e tomado por certa pressa, o jornalista desconsidera o fato de que o futebol é feito por clubes, mas não apenas por clubes. Quem organiza e arca com custos logísticos do campeonato é a FMF. Ora, investir em organização não significa investir nos clubes e no futebol? O mesmo pode-se dizer das ações publicitárias, que também estão previstas no programa”.

    Frota foi irônico ao dizer que uma fala tão simples não foi entendida. “É de conhecimento público o fato de que o deputado Sergio Frota é não apenas um entusiasta da parceria entre Governo do Estado e Federação Maranhense de Futebol (FMF), mas aliado e agente atuante do processo. Portanto, fica mais do que caracterizado que o uso do termo “desmascarar” foi evidentemente equivocado e fruto de conjeturas antagônicas à realidade dos fatos”.

    Ele ainda elogiou a dedicação do governador em investir no esporte. ”Gostaria de exaltar mais uma vez o empenho do Governo do Estado em zelar pelo esporte maranhense e repetir em 2017 a iniciativa de 2016. E vale ressaltar: garantindo os mesmos valores apesar da crise que afetou todo o país”.

    Confira a nota na integra:

    O deputado Sergio Frota vem a público esclarecer a postagem ‘Sergio Frota desmascara “apoio” do governo ao futebol maranhense’ publicada no dia 21 de fevereiro de 2017 no blog do jornalista Gilberto Léda.

    Inicialmente o deputado Sergio Frota gostaria de frisar que fez uso da tribuna na manhã do dia 21 de fevereiro com o objetivo de parabenizar o Governo Estadual pela parceria junto aos clubes do estado. Causa estranheza que o jornalista Gilberto Léda, expectador do discurso, não tenha entendido uma fala tão simples e evidente em si mesma. E mesmo que algum deslize intelectual ou desatenção tenham obscurecido o juízo do respeitável jornalista na manhã desta terça, é de conhecimento público o fato de que o deputado Sergio Frota é não apenas um entusiasta da parceria entre Governo do Estado e Federação Maranhense de Futebol (FMF), mas aliado e agente atuante do processo. Portanto, fica mais do que caracterizado que o uso do termo “desmascarar” foi evidentemente equivocado e fruto de conjeturas antagônicas à realidade dos fatos.

    Em relação à suposta diferença entre os valores apresentados pelo governo e os valores expostos no discurso apontada na matéria, o deputado Sergio Frota lamenta a falta de conhecimento do jornalista em relação à linguagem tão simples. E o uso fantasioso dos fatos. O jornalista usou trecho do discurso do deputado Sergio Frota para tentar validar a notícia de que os clubes maranhenses não irão receber os R$ 1.8 milhões em investimentos anunciados pelo governo neste ano. Para isso valeu-se de uma informação retirada da fala do deputado em que ele afirmou: “O governo do estado destinou R$ 1,8 milhão para o futebol maranhense, sendo metade disso, ou seja, R$ 900 mil, para os clubes de futebol”.

    Talvez por não ser da área e tomado por certa pressa, o jornalista desconsidera o fato de que o futebol é feito por clubes, mas não apenas por clubes. Quem organiza e arca com custos logísticos do campeonato é a FMF. Ora, investir em organização não significa investir nos clubes e no futebol? O mesmo pode-se dizer das ações publicitárias, que também estão previstas no programa.

    Ao garantir exposição midiática aos clubes, o Governo do Estado valoriza o campeonato e os clubes diretamente. A vitrine facilita, entre outras coisas, a aquisição de patrocínios pelos clubes. E o que não é isso senão investimento nos clubes? É de se lamentar que um jornalista interprete algo tão inconfundível de forma tão embasbacada.

    Para finalizar, o deputado Sergio Frota, assim como em discurso, gostaria de exaltar mais uma vez o empenho do Governo do Estado em zelar pelo esporte maranhense e repetir em 2017 a iniciativa de 2016. E vale ressaltar: garantindo os mesmos valores apesar da crise que afetou todo o país.

    Sergio Frota

    Deputado Estadual

    22 de fevereiro de 2017 às 15:07 | Por:

  • Política
  • Sem moral para criticar: Andrea Murad é Investigada pelo MP por uso eleitoreiro de aeronaves

    A tresloucada deputada Andrea Murad é daquelas parlamentares descaradas quando o assunto é apontar o dedo para criticar o Governo Flávio Dino. Incessantemente, ela repete o mantra de gastos da atual gestão com aeronaves e critica a área da saúde. Justamente ela, que está sendo investigada pelo Ministério Público por uso eleitoreiro de aeronaves e tem o pai, Ricardo Murad, como chefe de organização criminosa que desviou mais de R$ 1 bilhão da Secretária de Saúde, segundo a Polícia Federal.

    A caradura de Andrea Murad ao criticar, sem fundamento, os gastos do atual Governo – que diminuiu pela metade os contratos com aeronaves – surge um dia após a ida do governador Flávio Dino a Coroatá, reduto dos Murad, para a inauguração da primeira escola de tempo integral profissionalizante, o IEMA, da história da cidade.

    O objetivo da família Murad é jogar uma cortina de fumaça no novo momento vivido pela cidade de Coroatá, que começa a sair do obscurantismo de ser governado por uma oligarquia que furtou os direitos do povo do município e experimenta uma parceria entre Governo e Prefeitura que, em menos de dois meses, já começa a dar frutos e esperança de um futuro melhor para a população.

    Processo no Ministério Público

    O Ministério Público Estadual instaurou, no início de fevereiro, um Procedimento Investigatório Criminal (PIC) para investigar possíveis irregularidades na licitação nº 048/2013-CSL/SES, realizado pela Secretaria Estado da Saúde (SES), na gestão do ex-secretário Ricardo Murad.

    Além da licitação, o MP também vai apurar possíveis irregularidades na execução do contrato nº 510/2013, celebrado entre a SES de Ricardo Murad e da empresa gaúcha PMR Táxi Aéreo e Manutenção Aeronáutica S/A, para a locação de dois helicópteros.

    O contrato para a locação das duas aeronaves seria para operações de transporte aéreo público de servidores em missões inerentes à prestação de serviços de saúde, fiscalização de obras dos hospitais e UPAS em construção, além de enfermos em situação de urgência/ emergência.

    Há indícios de que a deputada estadual Andrea Murad (PMDB), filha de Ricardo Murad, usou os helicópteros pagos com recursos da SES durante a campanha eleitoral em 2014. Os deputados Rogério Cafeteira e Marco Aurélio, apresentaram planilhas de voo da empresa PMR Táxi Aéreo com os comícios da peemedebista nos municípios maranhenses.

    22 de fevereiro de 2017 às 12:26 | Por:

  • Política
  • “Enquanto o Uber não estiver regulamentado, nós temos aí um carro de lotação de luxo”, afirma Canindé

    O aplicativo Uber que passou a funcionar nesta terça-feira, 21, em São Luís, até que seja regulamentado é considerado transporte irregular e ficará propício a multa e apreensão do veículo, como ocorre normalmente.

    No mês passado, taxistas protestaram porque foram multados por rodarem em São Luís sem autorização, assim como já teve manifestação de motoristas de vans e principalmente dos carros lotação, os chamados “carrinhos”. O secretário Municipal de Trânsito e Transporte, Canindé Barros, deu uma declaração curiosa sobre o Uber, em entrevista ao Programa Ponto e Virgula da Rádio Difusora. “Enquanto o Uber não estiver regulamentado, nós temos aí um carro de lotação de luxo”.

    Por enquanto não haverá uma fiscalização ostensiva, até devido ao baixo número de agentes de Trânsito, mas quem for flagrado operando o serviço será multado e o carro apreendido.

    Um projeto do vereador Paulo Victor que prevê a regulamentação do serviço está em pauta na Câmara de Vereadores, mas as sessões só voltam no próximo mês.

    22 de fevereiro de 2017 às 11:49 | Por:

  • Política
  • Internautas detonam participação desastrosa de Roberto Rocha em sabatina de Moraes

    O senador Roberto Rocha está vivendo um inferno astral nas redes sociais com os internautas maranhenses. Qualquer postagem que Asa de Avião faça, sobretudo no Facebook, é repudiada pelos maranhenses. Nesta terça-feira (21), o senador participou da sabatina na CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) do Senado para o cargo de ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) do ministro da Justiça, Alexandre de Moraes.

    Em seus apontamentos, RR elogiou a evolução da saúde e educação em todo o Brasil e defendeu a segurança pública como um debate mais amplo e nacional, e utilizou como exemplo de bom sistema penitenciário os estados de Minas Gerais e São Paulo, ambos governados pelo PSDB. O último comentário gerou revolta até de colegas senadores, ao ponto de um deles cortar a fala do maranhense para informar que quem manda nos presídios de São Paulo é a facção criminosa PCC.

    Os internautas não perdoaram a desastrosa participação de Roberto Rocha durante a sabatina e detonaram o senador nos comentários. “Avanço na educação e segurança!!! Em qual país vc está sendo senador? Só pode estar sofrendo de algum problema mental”, disse um internauta.

    “Votei nesse sujeito e não vejo nada que ele tenha feito pra justificar isso, ao contrário se dedica a bater no governador que todo dia faz concurso pra polícia e aumentou consideravelmente o número de policiais. E mais, elogia o sistema prisional de São Paulo e diz que é um exemplo, esse sistema dominado pelo PCC a maior organização criminosa deste país. Meu Deus como estamos mal representados no Senado”, reclamou outro internauta.

    “Vendo seu questionamento e depois o do Senador Magno Malta, fico me perguntando como nós maranhenses não temos sorte”, disse mais um comentário.

    Jejum ideológico

    As contradições de Roberto Rocha puderam ser evidenciadas durante a sua participação trágica na sabatina. Durante a sua fala, o senador propôs um jejum ideológico no país para superar as crises brasileiras. Ora, a pessoa que todo dia usa as redes sociais para atacar os comunistas, em Brasília prega que não se deve diferir esquerda, direta e centro?

    Quanta contradição, senador! Por essas e por outras que a população não tem perdoado as antinomias de Asa de Avião.

    22 de fevereiro de 2017 às 10:06 | Por:

  • Política
  • Ministro Fachin perde queda de braço com Sarney

    As investigações contra o ex-presidente José Sarney (PMDB-AP) no âmbito da delação premiada do ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado vão sair do escopo do juiz Sérgio Moro, da 13ª Vara Federal de Curitiba, e passarão a correr no Supremo Tribunal Federal (STF), ainda que ele não tenha direito a foro privilegiado. A decisão é da própria Corte, que aprovou nesta terça-feira, 21, pedido da defesa de Sarney.

    Esta foi a primeira derrota do ministro Edson Fachin desde que assumiu a relatoria da Operação Lava-Jato no Supremo em substituição a Teori Zavascki, morto em janeiro em desastre aéreo. O relator votou por autorizar Moro a analisar as citações da delação sobre o ex-presidente. Entretanto, acabou vencido pelos demais ministros da turma: Dias Toffoli, Ricardo Lewandowski, Celso de Mello e Gilmar Mendes.

    A maioria argumentou que o caso de Sarney está ligado às investigações contra os senadores Renan Calheiros (PMDB-AL) e Romero Jucá (PMDB-RR), que possuem prerrogativa de foro. Segundo eles, fragmentar as investigações entre o Supremo (caso de Jucá e Renan) e a primeira instância (Sarney) prejudicaria os trabalhos.

    Na delação, Machado diz que, entre 2003 e 2014, pagou mais de R$ 18 milhões em propina a Sarney – quase 90% em “dinheiro em espécie”.

    Por Luísa Martins (Valor Econômico)

    22 de fevereiro de 2017 às 8:53 | Por:

  • Política
  • Coroatá começa a sair da escuridão…

    O governador Flávio Dino foi recebido com muita festa pela população na manhã desta terça-feira (21), em Coroatá. O carinho demonstrado pelo povo reflete a carência com líderes que se preocupavam de fato com as políticas públicas voltadas para o município, sobretudo na área da educação. Na ocasião, Dino inaugurou um Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia (IEMA), que ficará para a história de Coroatá por ser a primeira unidade escolar de tempo integral na cidade.

    Governada pela família Murad nos últimos quatro anos, Coroatá retrocedeu, mesmo com Ricardo Murad sendo o principal auxiliar do Governo passado e sua esposa, Teresa Murad, prefeita do município. Após o início do Governo Flávio Dino, a cidade começou a experimentar avanços em várias áreas, como a inauguração de uma unidade do Viva, Batalhão da Polícia Militar, reformas de escolas que estavam há décadas sem nenhum reparo, pavimentação asfáltica, além do envio de viaturas e policiais.

    Mesmo a contragosto da ex-prefeita, o governador Flávio Dino não se deixou levar pelo revanchismo político e trabalhou muito por Coroatá. A solenidade de inauguração do IEMA nesta terça-feira marca um novo momento político para a cidade, que experimentará a parceria do Governo e a Prefeitura trabalhando juntos pelo município.

    “É isso que nós queríamos para Coroatá. Quando estado e município trabalham em paz e em parceria as coisas acontecem, as coisas andam. Nós já tiramos essa sombra maldita que tinha na nossa cidade, que não deixava os investimentos chegarem até o nosso município, não nos permitia avançar ao futuro. Então, tudo isso acabou, após passar os últimos quatro anos em uma sombra negra e escura, a gente passa a viver a luz, a claridade e é isso que nós queremos trazer para Coroatá”, disse o prefeito Luis da Amovelar Filho.

    Aplaudido pela população que lotou a inauguração do IEMA, Flávio Dino reforçou o espírito de parceria com a Prefeitura de Coroatá e garantiu mais investimentos, sobretudo na infraestrutura da cidade.

    “A turma que estava por aqui antes deixou o negócio parecendo que tinha tido uma guerra e acho que eles só não levaram o asfalto pra casa porque não dava, senão eles levavam até o asfalto, que aqui eles são acostumados a levar as coisas dos outros. Deixaram um monte de buraco”, disse Dino se referindo aos buracos da cidade.

    Com a parceria que começa a dar certo em menos de dois meses, parece que mais um clã vai sumir do mapa político do Maranhão. Dessa vez o da cidade de Coroatá.

    21 de fevereiro de 2017 às 19:41 | Por:

  • Eleições 2016
  • Joaquim Haickel expõe motivos para apoiar Weverton

    O ex-deputado Joaquim Haickel, mesmo militando no grupo Sarney, abriu seu voto e confirmou que um dos seus candidatos ao Senado é o deputado federal Weverton Rocha, líder do PDT e um dos principais aliados do governador Flávio Dino.

    “Mesmo militando nas hostes Sarneyzistas, sempre deixei claro para todos, que a minha consciência só tem um dono: Eu! E é por isso que afirmei e reafirmo que, um dos meus dois votos para senador em 2018 será dado a Weverton Rocha”.

    Coerente e honesto, mas acima de tudo um analista da conjuntura política, Haickel elencou alguns motivos que lhe fizeram optar por um candidato que não pertence ao seu grupo.

    “Weverton em muito pouco tempo ocupou um enorme espaço! Ele tem características gasosas na melhor concepção do termo. Ele sabe ocupar todo o espaço que conquista e ele ainda não conheceu retrocesso. Ele tem partido e grupo, coisas indispensáveis na política. Ele sabe jogar o jogo da política, mesmo ainda sendo muito jovem para voos mais altos”.

    Joaquim ainda destacou o posicionamento do pedetista na hora de tomar sua decisão.

    “Ele demonstrou grande capacidade política e eleitoral desde que assumiu o mandato de deputado; Em 2016 foi o único político que jogou certo e posicionou suas peças nos pontos decisivos do tabuleiro desse intrincado jogo de xadrez; Ele é o único político que eu tenho notícia, não se curva aos devaneios do PC do B, se colocando sempre em posição de respeito, mas exigindo em contrapartida, a devida reciprocidade desse respeito; Ele me convidou para uma conversa e pediu que eu lhe dissesse o que eu achava do panorama político do estado, tanto o daquela ocasião, quanto as possibilidades de futuro; Ele atende ao telefone quando as pessoas lhe ligam, ou retorna as ligações quando não pode atender coisa rara nos dias de hoje; Ele não nega seus pontos fracos e reconhecendo-os demonstra uma qualidade rara, presente nas pessoas que são suficientemente humildes e estão dispostas a aprender”.

    21 de fevereiro de 2017 às 19:32 | Por:

  • Política
  • O tamanho de Roberto Rocha

    O senador Roberto Rocha (PSB) está em campanha eleitoral para o Governo do Estado há pelo menos seis meses.

    Após romper com o grupo do governador Flávio Dino (PCdoB) e anunciar sua intenção de disputar o cargo mais importante do Estado, “asa de avião” passou a tratar com políticos, negociar alianças e até tirou uma suposta licença médica para fazer campanha. Mesmo com toda essa exposição, o senador foi um dos menos citados em pesquisa pirata divulgada por blogueiros ligados ao grupo Sarney, atual reduto rochista, e supostamente encomendada pelo prefeito de Santa Rita, Hilton Gonçalo.

    Rocha no meio político é conhecido por sua palavra “valer nada ou quase nada”. Troca de partido como um atleta de camisa. Recebeu um mandado ao Senado de presente e como recompensa se voltou contra os antigos aliados. No grupo Sarney espera conseguir apoio para seu plano de ser governador, mas no primeiro levantamento divulgado por seus novos amigos foi “fritado”, com números bem abaixo do esperado.

    Filho da oligarquia, senador sem destaque e empresário mal sucedido. Roberto Rocha sempre mostrou não ter cacife para caminhar sozinho e ser um líder político. E, se hoje “chegou a onde chegou”, deve apenas agradecer aqueles que sempre o carregaram nas costas.

    21 de fevereiro de 2017 às 16:37 | Por: