E-mail: [email protected]
Rádio
  • Política
  • Mandante da morte de Décio Sá é solto pela Justiça

    Foi solto na manhã deste sábado, 26, o agiota Gláucio Alencar, acusado de ser o mandante do assassinato do jornalista e blogueiro Décio Sá. Em nota, a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) informou que cumpriu determinação do Supremo Tribunal de Justiça (STJ).

    Gláucio Alencar foi beneficiado com uma decisão do ministro Ribeiro Dantas, que optou pela prisão domiciliar, com monitoramento eletrônico (tornozeleira), por julgar inadequada a aplicação do regime disciplinar diferenciado (isolamento), sem que o mesmo tenha cometido infração no sistema prisional.

    O Governo ressaltou que no período em que esteve preso, Gláucio esteva separado de outros internos, devido às ameaças que recebia e a sua integridade física.

    Décio Sá foi morto no dia 23 de abril de 2012, em um bar na Avenida Litorânea pelo pistoleiro Jonathan Silva, contratado por Gláucio. A morte foi encomendada depois de várias postagens publicadas pelo jornalista, denunciando um esquema de agiotagem com prefeituras do interior do Maranhão.

    25 de março de 2017 às 17:13 | Por:

  • Política
  • Prefeito de Vargem Grande resgata Garantia Safra para produtores do município

    Os agricultores do município de Vargem Grande vão poder receber os recursos da Garantia Safra a partir do mês de abril. Os recursos foram garantidos pelo prefeito Carlinhos Barros (PCdoB) que regularizou a situação do município junto à Secretaria Especial de Agricultura Familiar e Desenvolvimento Agrário, do Ministério de Abastecimento e Produção Agrícola.

    O benefício é concedido a produtores cadastrados no programa e que tenham perdido ao menos 50% da produção agrícola devido à seca. Na gestão passada, o prefeito deixou de pagar o equivalente a R$ 17 mil, prejudicando dezenas de agricultores familiares. Sem o pagamento da contrapartida a prefeitura, a Garantia Safra esteve suspensa no período de estiagem da região.

    Na sexta-feira, 17, a Secretaria iniciou o pagamento a mais de 40 mil agricultores em 67 municípios de oito estados da região Nordeste atingidos pela seca, a maior dos últimos 20 anos. O valor individual da Garantia Safra é de cinco parcelas de R$ 170,00.

    25 de março de 2017 às 15:45 | Por:

  • Política
  • No grupo Sarney há muitos candidatos para poucas vagas e risco eminente de traições

    O grupo Sarney no Maranhão caminha para uma “sinuca de bico”. Os principais caciques já declararam a intenção de disputar as eleições majoritárias e pelo jeito não irão abrir mão do pleito.

    O ministro do Meio Ambiente, Sarney Filho (PV), em São Luís, quase que lançou uma pré-candidatura ao Senado, durante sua participação em seminário na cidade. Zequinha mandou uma espécie de recado: “a irmã, Roseana Sarney, será candidata ao Governo e ele ao Senado”.

    Roseana, naturalmente, tem a preferência para disputar a vaga ao Palácio dos Leões. A grande questão estaria na formatação da chapa majoritária, que incluiu as duas vagas ao Senado.

    João Alberto, que tem mostrado prestígio junto ao presidente Michel Temer, deve buscar mais um mandato. Edison Lobão, até poderia abrir mão, mas em favor do filho, Lobão Filho. Restariam então duas vagas, para três nomes, todos com peso na legenda. Sarney Filho pertence ao PV, mas conta com a influência do pai, José Sarney. A Operação Lava Jato, pode ainda provocar mais candidatos em busca do foro privilegiado.

    A situação para o PMDB se agrava ainda mais, diante da falta de barganha para formar uma coligação. Afinal, qual partido grande iria aceitar apoiar o grupo Sarney sem ao menos levar uma vaga na majoritária?

    A disputa deve ser acirrada, assim como aconteceu nas eleições municiais para Prefeitura de São Luís. Quando o partido bateu cabeça diante da escolha de um nome, e no final o candidato do PMDB, Fábio Câmara, teve desempenho pífio. Os relatos são de que houve muita trairagem e agora não deve ser diferente.

    A verdade é que o PMDB, principal partido de oposição no Maranhão, bate cabeça e a situação deve piorar.

    25 de março de 2017 às 0:03 | Por:

  • Política
  • Roberto Rocha diz a políticos que aceita ser vice de Roseana Sarney

    O senador Roberto Rocha (PSB) parece mesmo predestinado à “síndrome” de escorpião. Ao perceber a inviabilidade de seu projeto de disputar as eleições para o governo em 2018, “Asa de avião”, disse a políticos que aceita ser candidato a vice-governador em chapa liderada por ninguém menos que Roseana Sarney (PMDB).

    A declaração de Rocha foi feita numa roda com cerca de quatro políticos que participaram de um evento promovido por ele em São Luís. “O importante pra nós é derrotarmos o Flávio Dino. Para isso topo ser até ser vice dela (Roseana)”, revelou.

    Tal qual o aracnídeo, Roberto Rocha não percebe que poderá ser vítima do próprio veneno.

    Não satisfeito em trair o governador Flávio Dino, peça fundamental para sua eleição ao Senado em 2014, o ódio imotivado que passou a nutrir pelos comunistas pode arruinar de vez a instável carreira política do filho de ex-governador, cujo raciocínio parece ter se perdido no palácio nos tempos juvenis.

    Definitivamente, o político que prometeu mostrar ao Maranhão para que serve um senador, sem ainda conseguir, parece não ver ou se ver não entende que a população não tolera mais oportunismo político…

    24 de março de 2017 às 22:19 | Por:

  • Política
  • Aeroporto de Imperatriz terá horário de operações diferenciado a partir de domingo

    O aeroporto Prefeito Renato Moreira em Imperatriz (MA) terá horário de operações diferenciado a partir deste domingo (26). De segunda a sábado, o terminal passará a funcionar da 1h às 19h; aos domingos, de 6h às 22h.

    Segundo o site Portogente, com informações da assessoria de comunicação do terminal administrado pela Infraero, o objetivo da mudança é atender a demanda das empresas aéreas que operam no Aeroporto de Imperatriz, de modo que a população continue contando com outras opções de voo.

    O aeroporto de Imperatriz movimenta cinco voos diários, sendo três da Latam e dois da Azul. Em 2016, o terminal maranhense registrou 284.231 embarques e desembarques, e 6.292 pousos e decolagens.

    24 de março de 2017 às 16:45 | Por:

  • Política
  • Filho de João Alberto é agraciado com salário de R$ 27 mil na Furnas

    O senador João Alberto (PMDB) continua com “moral” junto ao presidente da República, Michel Temer, e à cúpula do PMDB.

    Além de ser responsável por indicar boa parte dos cargos federais para a região Nordeste e emplacar o aliado, Assis Filho, na Secretaria Nacional de Juventude, o senador também garantiu um grande emprego ao filho, com salário acima dos padrões.

    João Manuel Santos Souza, filho do carcará, recebe R$ 27.588,48 por mês, em cargo comissionado na Furnas Centrais Elétricas S.A, ou simplesmente Eletrobrás Furnas, uma empresa brasileira de economia mista subsidiária da Eletrobrás, vinculada ao Ministério de Minas e Energia.

    A nomeação de João Manuel, assim como de outros aliados de políticos do PMDB, já está sendo tratado como a nova “lista de Furnas”. Em referência ao escândalo de corrupção e lavagem de dinheiro ocorrido nos anos 2000 e que envolvia a empresa estatal e abastecia campanha de políticos do PSDB.

    24 de março de 2017 às 14:41 | Por:

  • Política
  • Blogueiro diz que PF recolheu documentos sobre fraudes no ICMS durante governo Roseana

    O blogueiro Yuri Almeida, diretor do Atual 7, conduzido coercitivamente à Superintendência da Polícia Federal no Maranhão na terça-feira, 21, no bojo da Operação Turing, afirma que na apreensão do material encontrado em seu domicílio os agentes levaram a relação de 190 nomes de empresas envolvidas no esquema de fraude na Secretaria de Estado da Fazenda durante o governo Roseana Sarney.

    “Eles levaram toda papelada encontrada na minha casa, HD dos computadores e tudo que acreditavam ser documentação trabalhada pelo blog”, disse Almeida, liberado pela PF logo após prestar depoimento sobre o esquema de extorsão e ameaça a servidores públicos e empresários supostamente envolvidos em investigações. Contavam para isso com a colaboração do agente da Polícia Federal, Danilo dos Santos Silva.

    Segundo denúncia do Ministério Público do Estado do Maranhão o esquema desviou R$ 440 milhões dos cofres públicos na concessão de isenções fiscais pela Sefaz. As concessões envolviam principalmente débitos relativos a ICMS, o imposto sobre circulação sobre mercadorias e serviços.

    Entre 2009 e 2013, mas de 1.913 compensações foram efetuadas. Por conta das fraudes, a governadora Roseana Sarney e mais nove pessoas tiveram os bens e contras bloqueadas por decisão da juíza Oriana Gomes, da 8ª Vara Criminal de São Luís.

    24 de março de 2017 às 11:14 | Por:

  • Política
  • Acabou pra ti, Val!

    A polícia finalmente conseguiu prender a traficante Valdirene Pereira, a Val. Ela é suspeita de comandar o tráfico de drogas dentro de um condomínio do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) Rio Anil, no bairro Camboa, conhecido como Carandiru, localizado ao lado da TV Difusora.

    No início do mês, o secretário de Segurança Jeferson Portela preparou uma verdadeira operação de guerra para prender Val. Foram deslocados mil policiais, 60 delegados e o Grupo Tático Aéreo, GTA. Apesar do aparato policial e todo o investimento, a traficante conseguiu “passar a perna” no secretário e fugiu do cerco.

    A operação foi considerada constrangedora, tanto que em entrevista coletiva, a cúpula da SSP mudou o discurso, dizendo que o objetivo era de “restabelecer a paz social” no local. Porém , pressionado, JP disse que prenderia Val no dia seguinte, o que não ocorreu.

    Para Valdirene ser localizada foi preciso um bom tempo de dedicação e planejamento, algo muito diferente que a operação atrapalhada do secretário. A traficante foi presa em um hotel na Ponta D’Areia. Também foram presos Raul Giudicelly Carvalho Silva (28) e Leonardo de Oliveira Souza, o “Léo Gordo” (35).

    24 de março de 2017 às 10:36 | Por:

  • Política
  • Tiago Diaz consegue estabelecer crise com todas entidades do Judiciário

    A gestão do presidente da OAB/MA, Tiago Diaz, tem sido desastrosa. Além de desagradar a maioria da classe de advogados, ele criou uma crise com todos os setores do sistema judiciário devido as suas atitudes desrespeitosas e autoritárias.

    O ato na comarca de Coroatá, quando arrancou informativos do Fórum publicados pelo juiz, titular da 2ª Vara, Francisco Lima, irritou não apenas os magistrados, mas também os servidores do judiciário.

    A Associação dos Magistrados do Maranhão-AMMA promete que irá levar o caso até as últimas consequências para não ficar impune. O Sindicato dos Servidores da Justiça do Maranhão (Sindjus-MA) também se manifestou em defesa dos servidores que trabalham na comarca de Coroatá. Em sessão no Tribunal de Justiça, Tiago havia dito que arrancou os panfletos com autorização dos servidores, eles negam. “Ao ponto que já avançou nossa sociedade, vejo como inadmissível o ato praticado. É uma afronta à autonomia do Judiciário e um desrespeito com os servidores que presenciaram a atitude”, afirmou o presidente do Sindjus-MA, Anibal Lins.

    Tiago já foi repudiado por toda a corte do Tribunal de Justiça, e também pelos próprios advogados. Existem denúncias de que o presidente da OAB utiliza de sua influência para vencer licitações de prefeituras do interior com seu escritório, inclusive cobrando preços abaixo do permitido, tornando-o alvo do Conselho Nacional da Ordem.

    24 de março de 2017 às 9:16 | Por:

  • Política
  • Incoerência: Eduardo Braide é a favor e contra o reajuste do salário dos professores

    Após reajuste de 8%, os professores estaduais do Maranhão passaram a receber o maior salário do Brasil pago para a categoria. A Medida Provisória 230/2017, que concedeu o reajuste, foi aprovada por ampla maioria na Assembleia Legislativa do Maranhão. Ironicamente, o deputado estadual Eduardo Braide (PMN), que votou a favor do reajuste, vem promovendo de forma isolada seguidos debates contra o benefício, mesmo após o tema já ter sido votado.

    Braide tenta sustentar a tese de que os professores são contrários ao aumento salarial. O deputado e blogs vinculados ao grupo Sarney alegam que o reajuste não deveria incidir sobre a Gratificação por Atividade de Magistério (GAM), como ficou definido após a votação, mas no vencimento dos profissionais.
    No entanto, tanto blogueiros quanto o parlamentar não mencionam que a GAM é parte integrante do salário, e que recai na aposentadoria de todo professor.

    O reajuste foi debatido com a categoria e aprovado por 12 das 18 assembleias regionais e pelo Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Maranhão (Sinproesemma), que emitiu nota esclarecendo que a Medida Provisória editada pelo Governo do Estado, reajustou os vencimentos dos professores da rede estadual de educação, e não retirou direitos dos educadores.

    Braide segue praticamente sozinho tentando disseminar o falso cenário onde a categoria é contra o benefício, apesar da ampla adesão dos professores e do legislativo ao reajuste.

    23 de março de 2017 às 20:58 | Por: