Taxa de desemprego bate novo recorde no país. E agora?

A taxa de desemprego do último trimestre é a mais alta desde o ano de 2012, alcançando 13,2% de dezembro do ano passado a fevereiro deste ano. Os dados são da Pnad (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios) do IBGE e foram divulgados hoje (31/03). Esse percentual representa 1,4 milhões de brasileiros desempregados a mais, em relação ao trimestre anterior. Em um ano o percentual alcança aumento acumulado de 30,6% na taxa de desemprego em relação ao ano imediatamente anterior. Já são mais de 13 milhões de brasileiros desempregados.

Os dados mostram, cada vez mais claramente, que o golpe do PSDB e PMDB para tirar a presidenta Dilma do poder foi somente para protegê-los dos tribunais. Os argumentos de recuperar a economia caem por terra a cada rodada de estatísticas relacionadas, principalmente, à economia interna e externa. Fora o sequestro de direitos trabalhistas e sociais que a gestão tucano-peemedebista tenta aprovar a toque de caixa.

Lula vem aí.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *