Vereador Carlos Hermes cobra da prefeitura doação de terreno para construção de escola estadual

O vereador Carlos Hermes (PCdoB) usou a Tribuna da Câmara Municipal de Imperatriz para cobrar do prefeito Assis Ramos agilidade na doação de um terreno para que o Governo do Maranhão construa um Núcleo de Educação Integral na Grande Cafeteira. Ele indicou também a construção de galeria no Bacuri e prestou contas da vistoria feita pela Comissão de Obras e Serviços Públicos no residencial Sebastião Régis.

Devido ao esgoto a céu aberto, contaminação de crianças e outros transtornos que sofrem os moradores e transeuntes do bairro Bacuri, durante a sessão de quarta-feira (15) na Câmara, o vereador Prof. Carlos Hermes (PCdoB) indicou a construção de uma galeria, entre Ruas as João Pessoa e Vilela. A indicação é direcionada ao prefeito Assis Ramos e ao secretário municipal de infraestrutura Francisco de Assis.

O parlamentar também usou a tribuna para informar a vistoria feita na tarde de terça-feira (14) ao Residencial Sebastião Régis, conjunto habitacional do Programa Minha Casa Minha Vida. O programa é uma parceria entre Governo Federal, Prefeitura e o Governo do Estado do Maranhão. Os vereadores da Comissão de Obras e Serviços Públicos, constataram no local a má qualidade do asfalto e também outros problemas. Carlos Hermes será o relator da comissão que cobrará da Canopus (empresa responsável pela execução da obra) a reparação de todas as falhas encontradas e a recuperação da malha asfáltica que já está danificada com as primeiras chuvas.

Hermes também cobrou do município que encaminhe à Câmara o projeto de lei de doação de um terreno da prefeitura para o Governo do Estado. Trata-se do terreno no Bairro Jardim das Oliveiras, região da Grande Cafeteira. O vereador esclareceu que apenas com a doação oficializada a Secretaria de Infraestrutura Estadual poderá executar a obra que “tem como objetivo a construção do Núcleo de Educação Integral, que é um programa educacional do Governo do Estado, que atenderá todas as escolas da rede estadual em Imperatriz e da região. Lá serão atendidas as escolas que tem atividades extraclasse para serem desenvolvidas. Nós estamos dependendo só da doação desse terreno. Se ainda não está na Casa acredito até que o novo governo municipal deva reenviar esse projeto”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *