Drops tocantinos

Pressa

O prefeito Madeira anunciou que passa a faixa ao prefeito eleito Assis Ramos no primeiro minuto de 2017. Oito anos depois de sua primeira eleição, Madeira não vê a hora de passar o abacaxi adiante. E é abacaxi dos grandes. A dez dias para o final do ano, o funcionalismo municipal amarga até seis meses sem ver a cor dos vales alimentação, por exemplo.

Abandono

Basta andar de carro pelas ruas de Imperatriz para se perceber o tamanho do problema que o prefeito eleito Assis Ramos vai herdar. Os agentes de trânsito é uma das categorias de servidores municipais em greve. O trânsito, que já era ruim, está um caos: filas duplas, estacionamentos irregulares, semáforos quebrados. É cada um por si.

Buracos

A Sinfra municipal parece que também já jogou a toalha. Os inúmeros buracos abertos ou ampliados após a primeira chuva, na semana passada, crescem a cada dia. O que mais se vê nesses dias é cabo de vassoura, pneu velho, peças de carro, alertando os motoristas sobre os riscos de se passar por ali. E só foi a primeira chuva forte.

Riachos

Na semana passada, nos jornais e na TV, o superintendente da Defesa Civil de Imperatriz jogou no colo da Sinfra estadual o problema das inundações de ruas e avenidas em Imperatriz. Chico do Planalto disse que haveria uma “parceria” entre prefeitura e governo para a limpeza dos riachos. Nem limpeza de riacho a prefeitura dá mais conta de fazer. Te cuida, Assis Ramos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *