Uber é tão forte que uniu antigos rivais taxistas e “carrinhos”

Não tendo como concorrer com o Uber, taxistas e motoristas de lotação, pressionaram e conseguiram a proibição do aplicativo.

Como nos grandes conflitos da história, quando surge uma nova potência capaz de superar duas forças antagônicas, estas tendem a se unir momentaneamente para acabar com o inimigo comum. A aliança entre taxistas e motoristas de táxi-lotação lembra o tratado entre Hitler (Aemanha-capitalista) e Stalin (União Soviética-comunista) em 1939 de não agressão por terem um inimigo comum: as potências do Ocidente.

Com um grande poder de mobilização, taxistas e motoristas de carrinhos pressionaram de forma muito intensa a Câmara Municipal de São Luís para que fosse promulgada a lei de autoria da ex-vereadora Luciana Mendes proibindo o Uber em São Luís.

A lei foi aprovada no ano passado, mas o prefeito Edivaldo Holanda Júnior não sancionou. Após a forte pressão das duas categorias, a Câmara promulgou a lei que será publicada e passa a valer.

Com um serviço muito novo ainda na cidade, os motoristas de Uber ainda não têm nenhuma organização classista para pressionar os legisladores, Como de praxe, quem tem poder de pressão vence votações em legislativos.

Nem o apelo dos usuários pelo Uber nas redes sociais foi capaz de segurar a pressão de duas categorias que antes brigavam, agora se uniram contra um inimigo muito mais forte, mas ainda sem organização para pressionar.

Bilhetagem eletrônica volta a funcionar em São Luís

Os técnicos conseguiram recolocar a bilhetagem eletrônica em funcionamento na noite desta quarta-feira (19). O sistema já está funcionando.

Os estudantes de São Luís estavam utilizando o passe escolar de papel para que não perdessem o benefício da meia passagem. Os estudantes que compraram o passe poderão continuar utilizando normalmente até acabar.

A Secretaria Municipal de Trânsito e Trasporte informou que, nesta quinta-feira (20), os postos de recarga de crédito nos terminais de integração irão funcionar, excepcionalmente, das 7h às 20h. Assim, dará oportunidade maior de recarga antes do feriado prolongado. Nos demais locais de recarga (postos da Ufma, Uema, Apicum, Maiobão e São José de Ribamar) o horário de funcionamento será normal, de 8h às 17h.

Uma queima de equipamentos há 20 dias e outra na semana passada causou a pane. As queimas se deram pelas quedas constantes de energia, principalmente na região do Centro de São Luís.

Volta do passe foi solução para manter a meia passagem estudantil

Estudantes têm provisoriamente que comprar o passe escolar

Houve muito questionamento sobre o fato da prefeitura de São Luís voltar com o passe escolar como medida emergencial para que os estudantes não ficassem sem o direito de pagar a meia passagem.

Todo sistema eletrônico integrado é passível de problemas técnicos. Com o sistema de bilhetagem eletrônica de São Luís não é diferente. Lógico que problemas técnicos podem aparecer. Acontece com o sistema da Receita Federal na prestação do Imposto de renda, com as inscrições do Enem entre outros.

Enquanto se conserta o problema, a prefeitura achou uma solução paliativa, que se não é a mais cômoda, é a mais viável para que o estudante não tenha seu direito a meia passagem cerceado: a volta da venda do passe escolar.

Como todos tiveram que comprar ao mesmo tempo, foram formadas grandes filas. Mas os transtornos são menores do que o possível cerceamento do direito à meia passagem.

A perspectiva é que o sistema volte a funcionar amanhã. Mas os passes comprados poderão continuar sendo utilizados. Cada estudante poderia comprar até 10 passes e eles valerão até o dia 30. Ou seja, tempo suficiente para serem gastos.

Por conta de pane no sistema, estudantes voltarão a usar Passe Escolar

A Secretaria Municipal de Trânsito e Transporte (SMTT) informou por meio de nota que, para garantir o direito da meia-passagem aos estudantes de São Luís, por causa da pane geral no sistema de recarga de passagens, realizará a venda de passes escolares nos Terminais de Integração e na Central de Atendimento ao Estudante, no Monte Castelo.

A SMTT esclareceu que a venda será realizada mediante a apresentação do cartão estudantil e que o serviço inicia às 16h no Terminal da Praia Grande e na Central de Atendimento ao Estudante; e a partir das 17h nos terminais de integração do São Cristóvão, Cohama e Cohab, permanecendo até às 20h, nesta segunda-feira (17).

Técnicos estão trabalhando para restabelecer, com a maior brevidade possível, o sistema de recarga eletrônica.

Para evitar erro de 2016, Eduardo Braide anuncia emendas para São Luís

Eduardo Braide anuncia emenda para São Luís. Deputado já está com toda estratégia articulada para a eleição de 2020

Entre os erros capitais de Eduardo Braide (PMN) na eleição de 2016, um dos principais foi ter enviado somente uma emenda parlamentar para a cidade de São Luís que não dava para comprar um mamógrafo e quando já estava em pré-campanha. Braide deu discurso a Edivaldo Holanda Júnior, que o derrubou no debate decisivo ao demonstrar que Eduardo como deputado nunca tinha ajudado a cidade que queria administrar, tendo mandado milhões para pequenos municípios.

Candidatíssimo a prefeito de São Luís, Eduardo Braide prepara a eleição de forma exemplar. Desta vez, tem deixado poucas brejas. Participa de debates sobre a capital, posta fotos nas redes sociais com a família no estádio Nhozinho Santos, no carnaval de Passarela e faz vídeos denunciando problemas de São Luís.

Eduardo Braide será candidato a deputado federal e pretende despontar como o mais votado em São Luís ou próximo disso.

Para não ter o problema do discurso de que nada fez como deputado para a cidade de São Luís, Braide foi à tribuna nesta quarta-feira (12) para anunciar que destina emendas de R$ 400 mil para a capital maranhense. A emenda seria para a reforma da feira do Anjo da Guarda.

A estratégia de Eduardo Braide é boa e está bem articulada. Caso se confirme a eleição com boa votação para a Câmara Federal, o discurso está pronto e ele deve chegar até com favoritismo em 2020. Embora, Eliziane Gama traçou um caminho semelhante e começou 2016 como prefeita eleita. Mas o resultado final todos conhecemos.

Honorato é eleito presidente do PT de São Luís

Honorato comemora com correligionários

Muito tumulto e apuração prolongada. Se não fosse assim não seria PT. A eleição do diretório municipal de São Luís ocorreu neste domingo (9) mas a apuração só terminou por volta das 2h30 da madrugada desta segunda (10). E o vencedor foi o vereador Honorato Fernandes com 52,58% dos votos.

Honorato venceu em todas as urnas. Ao final, o vereador disse que agora a disputa está encerrada e que trabalhará pela unidade do partido. “Fico muito grato pela confiança da militância que nos deu esta expressiva votação. Agora, vamos trabalhar pela unidade e para que o partido fique cada vez mais forte em São Luís”, afirmou.

Estadual

A eleição estadual do PT é indireta. Na eleição de ontem, os filiados votam nas chapas e dividem proporcionalmente a formação dos delegados e estes sim votam para presidente no Congresso estadual. O número de delegados demonstra razoavelmente como será a votação estadual.

Ainda não foi finalizada a apuração em todo estado para saber quantos delegados cada chapa terá no Congresso.

Câmara Municipal fará audiência com secretário Moacir Feitosa

A Câmara Municipal de São Luís aprovou nesta segunda-feira (3) requerimento de autoria do vereador Marquinhos (DEM), convidando o secretário municipal de Educação, Moacir Feitosa, para uma audiência pública. O requerimento chegou a ter dois pedidos de vista, mas ontem foi aprovado.

O convite é uma forma mas cortês de chamar um secretário para prestar esclarecimentos e não tem a mesma força da convocação, pela qual o secretário é obrigado a comparecer. Mas como de praxe, o gestor é primeiro convidado e em caso de não comparecimento é convocado.

Como o requerimento foi aprovado, o normal é que Moacir já tenha acertado com a base seu comparecimento. O tema da audiência diz respeito a início do ano letivo de 2017, carga horária, lista de espera educacional e número de alunos matriculados nos últimos anos em São Luís.

Na semana passada, o teto de uma as salas de aula da escola Darcy Ribeiro, no Sacavém, desabou. O prefeito visitou o local e anunciou a reforma. Logo em seguida, anunciou obras em 100 escolas da capital.

Audiência pública para discutir táxi, Uber e “carrinhos” será nesta sexta (31)

Será realizada nesta sexta-feira (31), na Câmara Municipal de São Luís, uma Audiência Pública com os defensores de táxis da capital maranhense. O debate, proposto pelo vereador Marcial Lima, terá início às 10h e contará com a participação dos taxistas, da Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria de Trânsito e Transportes (SMTT), e do Procon. Mas será inevitável que o assunto Uber entre na pauta da audiência.

No início deste mês, Marcial Lima abordou a temática na tribuna da Câmara. Na ocasião, elaborou um requerimento solicitando a realização da Audiência Pública para o último dia 23. No entanto, a discussão teve de ser remarcada para esta sexta-feira (31). Segundo o vereador, é fundamental que São Luís discuta este assunto o quanto antes.

“Temos certeza de que essa discussão será de vital importância para esta categoria trabalhadora. Levamos este tema à Câmara Municipal porque acreditamos ser necessário garantir direitos aos defensores de táxis, que lutam, há anos, por melhores condições de trabalho e direito a permissões (placas) para possuírem seus próprios táxis. Como parceiro e autor do requerimento da audiência, continuaremos presentes nesta luta para que a conquista dos defensores de táxis seja concretizada brevemente”, explicou o parlamentar.

Pressão dos “carrinhos”

Os motoristas dos táxi-lotação fizeram uma manifestação na porta da Câmara Municipal nesta quarta-feira (29). O presidente Astro de Ogum (PR) garantiu uma reunião com a categoria e a discussão da situação deles.

Na semana passada, uma operação da SMTT contra os “carrinhos” terminou em muita confusão. A operação teve veículos apreendidos e areação foi violenta, tendo inclusive disparos de tiros.

A SMTT fechou o cerco e os táxi-lotação e eles sumiram do Centro da cidade. A pressão é grande para que a categoria seja regulamentada. O Uber é uma realidade que tem agradado os usuários e os táxi convencionais não aceitam a concorrência.

Ou seja, não vai faltar polêmica.

Rodoviários fazem operação tartaruga por uma hora nesta quarta-feira

Protestos contra reforma da previdência em São Luís. Ônibus param parcialmente entre 10h e 11h.

O presidente do sindicato dos rodoviários, Isaías Castelo Branco, confirmou que como parte das manifestações que acontecem em todo país, irá realizar operação tartaruga entre às 10h e 11h na capital maranhense. Neste período vai haver redução da frota em circulação.

Em todo país ocorrem manifestações contra a reforma da previdência. “Vamos conversar co os trabalhadores e usuários sobre a importância do dia de hoje e discutir a reforma da previdência, que também será muito maléfica para o trabalhador do transporte público”, afirmou Isaías ao repórter da Rádio Difusora FM, Bial Mendes.

Neste momento, sindicalistas protestam na Praça Deodoro contra as reformas.

Em Sã Paulo, trens, metrôs e ônibus foram paralisados no início da manhã mas já voltaram a circular. Em Brasília, manifestantes ocuparam o Ministério da Fazenda.

Primeira audiência pública sobre Uber será no dia 23 deste mês

A Câmara Municipal aprovou requerimento do vereador Marcial Lima sobre audiência pública para discutir a implementação do Uber em São Luís. O requerimento foi aprovado e foram convidados também representantes da Secretaria Municipal de Trânsito e Transporte e promotoria do consumidor. A data está definida e audiência será dia 23 de março.

O projeto do vereador Paulo Victor, de regulamentação do Uber, segue em tramitação nas comissões. A galeria da Câmara estava tomada por taxistas nesta segunda-feira (6), que pressionaram contra o projeto.

Os vereadores têm sentido a pressão e querem discutir uma alternativa protecionista para os taxistas. O presidente da Casa, Astro de Ogum, foi o primeiro a salientar defesa da classe dos taxistas. “Não somos contra vocês, taxistas. Vamos dialogar, porque o diálogo  é o maior método na busca de solução para qualquer problema. Vocês são peça importante na nossa engrenagem social e, por isso, temos que  conversar”, afirmou.