Flávio e Edivaldo na Câmara: Plano Diretor, prolongamento da Litorânea e Mais Asfalto na pauta

Pela primeira vez na história a Câmara Municipal de São Luís recebe para discutir os problemas da cidade o governador do estado e o prefeito da cidade juntos. E o evento, claro, foi muito prestigiado. Apenas o vereador Sá Marques não esteve presente, pois não está em São Luís. Os demais, até os vereadores de oposição, estiveram no evento.

O governador Flávio Dino enalteceu o diálogo com o parlamento municipal e elencou os principais temas que puderam ser discutidos. “Um debate proveitoso com o vereadores da capital de todos os maranhenses. A Câmara Municipal é o local legítimo dos debates da cidade. O presidente Astro fez este convite e foi muito proveitoso este momento. Eu pude apresentar algumas prioridades atinentes à ilha de São Luís. Tratei do Plano Diretor que é muito importante para a expansão do Porto do Itaqui, anunciei a licitação do prolongamento da Litorânea que vai até o Olho d’Água, tratamos da estruturação da região metropolitana e da continuidade do programa Mais Asfalto. De modo que foi um debate respeitoso sobre as situações que demandam a situação de São Luís. Foi um momento de aprimoramento das ações do nosso governo na cidade de São Luís”, disse o chefe do Executivo estadual.

O prefeito Edivaldo, que neste final de semana participou da Convenção Nacional do PDT com destaca liderança, ratificou esta liderança com o diálogo compartilhado com governo do estado e poder legislativo municipal. “Nesta Casa que iniciei minha vida política. É muito gratificante poder fazer esta conversa com todos os vereadores. Esta visita organizada pelo nosso presidente Astro de Ogum foi muito simbólica. Poder conversar com os vereadores, ouvir o nosso governador que explanou sobre o Porto, sobre o Plano Diretor, discussões importantes sobre a cidade de São Luís que foram tratadas nesta manhã e pudemos estreitar os laços e avançar na discussão para mais ações”.

O presidente Astro de Ogum se mostrou muito satisfeito com o avanço do evento. “Bastante positivo. Os governos estadual e municipal tratando das ações em São Luís na Casa do Povo. A questão do Plano Diretor e todas as questões pertinentes à nossa população”. Na oportunidade, o presidente inaugurou o sistema de votação eletrônica da Câmara Municipal.

O deputado federal Weverton Rocha destacou a unidade entre os poderes e o republicanismo com que as autoridades dialogaram para encontrar as soluções para os problemas da cidade. “É um momento em que todos têm que sentar à mesa. A metropolização é um tema muito importante e a vinda do governador à Câmara simboliza um novo momento de diálogo, em que a gente começa a ver na prática as parcerias que já acontecem e que vão ser mais efetivadas a partir de agora. Estão de parabéns os vereadores, o governador Flávio Dino e o prefeito Edivaldo que estão tendo esta maturidade e isto que São Luís sempre quis ver. Todos sentados à mesa para discutir os problemas e encontrar soluções”.

O vereador Pavão Filho, líder do governo na Câmara, enfatizou o ineditismo do evento, reunindo poderes executivo estadual, executivo municipal e legislativo municipal para que se encontrem soluções para os problemas da capital, que consequentemente, atingem todo estado. “A Câmara Municipal de São Luís vai completar 400 anos em 2019 e pela primeira vez recebe o governador do Estado e o prefeito de São Luís de mãos dadas com os vereadores que representam hoje mais de 1,07 milhão de habitantes. A capital recebe maranhenses de todos os 216 municípios do Maranhão. Não poderia ser diferente essa conjugação de esforços independente de ideologia, de partido. O governador Flávio Dino e o prefeito Edivaldo Holanda Júnior estão de parabéns”.

Até o vereador Estevâo Aragão, que faz oposição a Flávio e Edivaldo, reconheceu o gesto para aprimoramento da parceria. “É muito simbólica a aproximação do governo do estado com a cidade de São Luís, que é a cidade mais importante do estado. Os vereadores são os políticos que têm o contato direto com a população e é importante que o governador venha sentir de perto as demandas. Esperamos que estes três poderes, executivo estadual, executivo municipal e legislativo municipal conjuguem esforços para a solução para os problemas da cidade”, avaliou.

Flávio Dino discute com líderes boicote de parte da base na votação da MP 230

Líderes reuniram com governador para discutir boicote de parte a base, que pressiona por benesses

O governador Flávio Dino teve um almoço com os líderes no dia seguinte à aprovação da Medida provisória 230 que reajusta o salário dos professores da rede estadual. Na noite da votação, Flávio recebeu no Palácio o presidente da Assembleia Legislativa, Humberto Coutinho (PDT) e agradeceu pela condução dos trabalhos. No dia seguinte, houve o almoço com Humberto, Othelino Neto (PCdoB), Rogério Cafeteira (PSB) e Rafael Leitoa (PDT).

Apenas 22 deputados da base estavam no plenário para aprovar a matéria, que por mais incrível que pareça, foi aprovada por unanimidade com votos a oposição. Ou seja, lógico que a medida não é ruim. Diferente do que publicou o jornal O Estado do Maranhão, a reunião não tratou de impacto negativo da MP 230, já que esta negatividade se resume a um esforço hercúleo dos veículos de comunicação do Clã Sarney.

A principal pauta foi o fato de deputados da base aproveitarem uma medida importante para chantagear o governo pela liberação de emendas e outras benefícios políticos. A primeira pergunta do governador foi logo sobre o porquê da saída do plenário da deputada Valéria Macedo (PDT). A pedetista estava no plenário, e saiu. Neste momento, o governo tinha somente 21 deputados e Leo Cunha (PSC) apareceu na última hora completando os 22 necessários.

Outros deputados também foram citados com estranheza pela chantagem: Zé Inácio (PT), Vinícius Louro (PR) entre outros. Flávio não ficou nada satisfeito com o comportamento.

PSB define eleição de Zé Reinaldo para o Senado como prioridade para 2018

O PSB maranhense se reuniu na noite desta segunda-feira (13) sob a coordenação do presidente estadual da sigla, Luciano Leitoa (prefeito de Timon). A reunião contou com as presenças do ex-governador e deputado federal José Reinaldo, o prefeito Tema (presidente da Famem), deputado estadual Bira do Pindaré, secretário estadual de Governo Marcelo Coelho (Meio Ambiente), José Antônio Almeida, dentre outras lideranças do estado.

O Diretório Estadual do PSB-MA tratou do processo de recadastramento de filiados que acontece em todo o país, da estruturação do partido no estado e principalmente, discutiu rumos e posicionamento da sigla para o processo eleitoral de 2018.

Unanimemente, os membros do diretório estadual do PSB entendem que o processo de fortalecimento da sigla passa pela ocupação na chapa majoritária das próximas eleições e definiram o nome de Zé Reinaldo (principal representante da sigla, segundo os presentes) na disputa por uma das vagas de senador.

O partido deverá realizar Encontros Regionais como  estratégia para massificar o projeto.

FAMEM entrará com ação na Justiça cobrando da União aumento do teto da saúde

A Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (FAMEM) ingressará na Justiça Federal cobrando da União o aumento dos repasses aos municípios para custeio dos serviços da saúde de média e alta complexidade.

A informação foi confirmada nesta segunda-feira (13) pelo presidente da entidade municipalista, prefeito Cleomar Tema (Tuntum), durante a abertura do seminário “A Codevasf e os Municípios”, evento realizado no auditório do complexo de comunicação da Assembleia Legislativa e que reuniu, além de dezenas de prefeitos e prefeitas, representantes dos mais variados segmentos da classe política maranhense, dentre eles senadores, deputados estaduais e federais.

De acordo com Tema, o objetivo da Federação, através da ação judicial, é fazer com que o governo federal eleve o valor do repasse igualando-o, pelo menos, à média nacional, que é de R$ 194 por habitante.

Atualmente, o Maranhão é o penúltimo estado da federação no que diz respeito ao recebimento de recursos per capita – R$ 137 por habitante.

Há possibilidade de que na peça jurídica a entidade também cobre, em benefício dos municípios, o ressarcimento das perdas dos repasses referentes aos últimos cinco anos.

No mês passado, Cleomar Tema coordenou uma caravana formada por mais de 90 prefeitos que esteve em Brasília reunida com a bancada federal maranhense tratando do assunto. Na oportunidade, os gestores garantiram o apoio político de todos os deputados federais e senadores do estado; do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM – RJ); e do ministro da Saúde, Ricardo Barros.

“Paralelo ao trabalho político, que é de suma importância, também iremos reivindicar o direito [aumento dos repasses] dos municípios maranhenses por meio da Justiça”, garantiu Tema.

O posicionamento firme de Cleomar Tema em favor do municipalismo no Maranhão foi bastante elogiado pelos participantes do seminário.

Para o deputado federal José Reinaldo Tavares, hoje a FAMEM possui um gestor que trabalha para defender os interesses das cidades e de seus gestores.

Avaliação semelhante fez o também deputado federal e coordenador da bancada maranhense em Brasília, Juscelino Filho.

“O presidente Tema vem executando um grande trabalho no que diz respeito a fortalecer a FAMEM e beneficiar, de fato, os municípios de nosso estado”.

Humberto Coutinho desmente Roberto Rocha e não participará da reunião do Senador

O presidente da Assembleia Legislativa, Humberto Coutinho, através da diretoria de comunicação da Casa, desmentiu a plantação do senador Roberto Rocha em alguns Blogs. Rocha deu a entender que reuniria prefeitos no gabinete de Humberto com a presença do pedetista demonstrando prestígio com o chefe do poder legislativo estadual.

Por meio de nota, a diretoria de comunicação da Assembleia explicou que a reunião foi solicitada pela deputada Graça Paz e, logicamente, o espaço foi cedido, mas não no gabinete de Humberto, e sim na Sala de reunião do Complexo de Comunicação da Casa. Fez questão de frisar que em momento nenhum foi disponibilizada a sala de reuniões do gabinete de Humberto e o presidente sequer vai participar do evento.

Humberto Coutinho estará comandando a sessão ordinária desta segunda-feira, com início às 16h30.

Confira a nota:

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Em face de informações divulgadas em alguns blogs sobre reunião que será realizada nesta segunda-feira (12), do senador Roberto Rocha (PSB) e prefeitos, a Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão esclarece:

1 – A pedido da deputada Graça Paz (PSL), a Presidência desta Casa disponibilizou a Sala de Reunião do Complexo de Comunicação para a reunião do senador Roberto Rocha com os prefeitos;

2 – A Presidência também disponibilizou o auditório Neiva Moreira, do Complexo de Comunicação, para evento da Codevasf nesta segunda-feira, que contará com a presença de prefeitos, atendendo solicitação do deputado César Pires (PEN);

3 – Em momento algum foi disponibilizada a Sala de Reunião da Presidência para encontro do senador Roberto Rocha com prefeitos;

4 – O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Humberto Coutinho (PDT), não se fará presente na referida reunião, mas estará comandando a sessão ordinária desta segunda-feira, com início às 16h30.

Carlos Alberto Ferreira

Diretor de Comunicação da Assembleia Legislativa

Prefeitos escondidos na foto oficial do encontro com Roseana

img-20161118-wa0091

Esta é a foto do encontro de Roseana Sarney com os prefeitos eleitos do PMDB. Dos 22 prefeitos eleitos pela legenda, 18 foram ao encontro promovido pela ex-governadora.

Dentre os presentes, sete estão visivelmente se escondendo da câmera na hora da foto oficial. Após esconder a aliança com Roseana durante a campanha eleitoral, o mais empolgado e em destaque na foto é o prefeito eleito de Imperatriz, Assis Ramos.

Com dificuldade de unidade até entre os correlegionários, Roseana tem dificuldade de se reerguer para buscar um mandato em 2018.

PSL fará convenção dia 23, confirmando aliança com Edivaldo

Reuniao_PSL_120716_ (5)A primeira convenção partidária anunciada já tem data para acontecer. Será do PSL, dia 23 deste mês na Assembleia Legislativa. O partido realizou encontro com correligionários na noite desta terça-feira (12), que contou com a presença do prefeito de São Luís e pré-candidato à reeleição, Edivaldo Holanda Júnior (PDT).

E o presidente do partido, vereador Chico Carvalho, foi categórico sobre os caminhos do partido: “Vamos avançar unidos com o Edivaldo”. Edivaldo agradeceu a confiança do partido e destacou obras da sua gestão aos presentes. “São muitas obras espalhadas pela cidade e políticas públicas implementadas, mas precisamos avançar ainda mais. Volto a agradecer à direção e à militância do PSL por acreditar no nosso projeto para São Luís, cidade que amo. Obrigado pelo apoio”, afirmou Edivaldo.

Para o presidente do PSL, Francisco Carvalho, o pré-candidato Edivaldo reúne todas as condições de continuar no Palácio La Ravardiere. “Sabemos dos problemas que ele enfrentou ao assumir a Prefeitura. Mas ele está transformando a cidade com muitas obras e uma gestão transparente e responsável. Edivaldo ainda pode realizar muito por São Luís”, enfatizou o vereador.

Até o momento, Edivaldo já contabiliza a adesão de 15 partidos ao seu projeto de reeleição: PCdoB, DEM, PSD, PROS, PTB, PSC, PRB, PTC, PEN, PRP, PSDC, PRTB, PR, PT e PSL.

Feitiço contra o feiticeiro! Hildo Rocha passa vergonha no BNDES

IMG-20160530-WA0018Os deputados de oposição armaram um circo para tentar demonstrar que o governador Flávio Dino (PCdoB) fez algum remanejamento ilícito ou incorreto dos recursos do empréstimo do BNDES. Foi realizada reunião na sede do banco, no Rio de Janeiro, provocada pelo deputado federal Hildo Rocha (PMDB-MA). Mas Hildo e Andrea Murad “deram com os burros n’água” com os esclarecimentos do diretor José Henrique Paim Fernandes e seu corpo técnico.

O que foi repassado aos parlamentares foi justamente o contrário. O atual governo tem aplicado de forma correta os recursos e ainda corrigindo problemas herdados pela gestão Roseana Sarney. Andrea, Hildo e Alexandre Almeida ficaram vermelhos de vergonha com o próprio BNDES desmontando o factoide e afirmando que a culpa pelos atrasos de obras é do grupo político deles.

O deputado Rogério Cafeteira (PSB) perguntou se há alguma paralisação ou atraso é decorrente de irregularidade do atual governo. A resposta foi categórica que não. Cafeteira saiu satisfeito da reunião. “Cada fez com mais certeza que estamos no caminho certo”.

Os deputados Léo Cunha (PSC), Bira do Pindaré (PSB) e Rafael Leitoa (PDT) também participaram da reunião.

PSB/MA realiza debate com seus pré-candidatos à prefeitura de São Luís

PSB maranhense coloca candidatura em São Luís em debate. Bira e Roberto Jr. disputam indicação.

PSB maranhense coloca candidatura em São Luís em debate. Bira e Roberto Jr. disputam indicação.

A direção estadual do PSB realiza na manhã deste sábado (21), às 9h, um debate com os dois pré-candidatos à prefeitura de São Luís pelo partido, no Plenário Gervásio Santos da Assembleia Legislativa do Maranhão. O evento, coordenado pelo presidente da sigla no estado, Luciano Leitoa, poderá ser decisivo na definição do nome que o partido indicará para as eleições deste ano.

O PSB Nacional já definiu como diretriz candidatura própria em algumas cidades brasileiras. Dentro da lista, segundo afirmou o próprio presidente nacional, Carlos Siqueira, São Luís é prioridade. Aqui, os socialistas têm duas pré-candidaturas postas.

A primeira é a do deputado estadual Bira do Pindaré, que foi indicada pelos Segmentos Sociais e defendida durante Encontro Regional do PSB, que reuniu militantes de todas as regiões do Maranhão e contou com a presença do presidente Carlos Siqueira e do governador Flávio Dino.

Naquela oportunidade, Bira aceitou o convite e, recentemente, lançou o movimento chamado ‘Diálogos por São Luís’ para, ao lado da militância socialista, ouvir as pessoas sobre os problemas que enfrentam na cidade e propor soluções.

A segunda candidatura posta é a do vereador da capital Roberto Rocha Júnior, filho do senador Roberto Rocha – também filiado ao PSB.

Prefeitura de São Luís realiza roda de conversas com lideranças comunitárias

semgop (3)A Prefeitura de São Luís por meio da Secretaria Municipal Extraordinária de Governança Solidária e Orçamento Participativo – SEMGOP, reuniu-se com lideranças comunitárias dos bairros Aurora, Planalto Anil Aurora, Vila Isabel Cafeteira e grupos religiosos, realizando na noite de terça-feira, mais uma Roda de Conversa do Programa Eu Participo, que é de responsabilidade da SEMGOP, objetivando promover a participação popular, solidária e cidadã, nas comunidades.

O secretário municipal Olímpio Araújo, explanou junto à comunidade a contextualização de reconstrução do Orçamento Participativo, elencando pontos importantes dessa importante ferramenta participativa, que desde os primórdios do saudoso líder Jackson Lago até os dias atuais do atual prefeito Edvaldo Holanda Jr, tem se destacado como modelo de gestão conjunta entre as ações realizadas pelo poder público, contemplando os anseios da comunidade. Para o presidente da União dos Moradores da Aurora, Sr. Marinho: “esse resgate de reestruturação que o prefeito Edvaldo Holanda Jr. está fazendo do Orçamento Participativo, é muito importante para nós lideranças da comunidade, porque se vê o governo municipal saindo do gabinete e vindo até a população ouvir suas reinvindicações”.

O Programa Eu Participo traçou para o resgate do Orçamento Participativo uma nova roupagem englobando a Governança Solidária para com isso consolidar a Participação Social e Cidadã na cidade de São Luís, implantando num prédio ao lado da SEMGOP o primeiro Centro de Formação Popular que tem como instrumento empoderar o cidadão ludovicense por meio de cursos voltados aos direitos sociais, gestão pública, elaboração de projetos e gestão de entidades sociais.