Resultado final da eleição do PT no Maranhão é homologado. Confira!

Pouco mais de duas semanas após a votação, finalmente o PT maranhense oficializou o resultado do PED (Processo de Eleição Direta) a nível estadual. Depois de muitas confusões, idas e vindas e contagem de vitória antecipada das duas principais candidaturas, o resultado foi a vitória da chapa de Augusto Lobato, com maior número de delegados.

Com 4.191 votos, a chapa “É Mudança, Lobato presidente” ficou com 99 delegados e mais um pela sobra, chegando a 100 delegados. A chapa de Zé Inácio, ficou em segundo 3.976 votos e 94 delegados.

O resultado foi homologado pela comissão organizadora do PED. O próximo passo será o Congresso estadual, dia 7 de maio. Os votos dos delegados de outras chapas será fundamental, já que a vantagem de Lobato é pequena.

Resultado final

Chapa Mudança Lobato Presidente, de Augusto Lobato – 100 delegados – 4.191 votos
Chapa MA Mais Justo para Todos e para Lula, de Inácio – 94 delegados – 3.976 votos
Chapa CNB na Luta 2018, de Francimar – 39 delegados – 1.623 votos
Chapa Lula Presidente, de Paulo Romão e Márcio Jardim – 21 delegados – 904 votos
Chapa Piracema , de Eri Castro – 6 delegados – 244 votos

 

Impasse resolvido: Governo Temer aceita parcelar dívida do Fundeb

Pressão fez com que governo aceitasse parcelar a dívida do Fundeb e assim não comprometer as finanças dos municípios

Depois de muita pressão da bancada federal e da Federação dos Municípios do Estado do Estado Maranhão (Famem), o governo federal aceitou parcelar a dívida do Fundeb, do que foi adiantado em dezembro do ano passado. A Medida provisória que determinava o desconto de uma só vez na próxima transferência do Fundeb foi publicado dia 20 de abril.

O deputado Rubens Pereira Júnior, líder da bancada maranhense, comemorou a vitória. “O governo aceitou parcelar a dívida. Foi uma importante vitória da união da bancada maranhense, em diálogo com o governo do Estado e a Famem”, afirmou.

Rubens também destacou os apoios do presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, e do ministro-chefe da Secretaria de Governo, Antonio Imbassahy. Até quinta-feira (27) será editada uma Medida Provisória para a devolução parcelada.

Com a diluição da dívida, o impacto nas prefeituras será menor, não comprometendo os compromissos das gestões, principalmente a folha de pagamento.

PSB contra as reformas; Roberto Rocha terá que votar contra Temer

PSB está de saída do governo Temer. Roberto terá que votar contra presidente 

O PSB fechou questão e votará contra as reformas propostas pelo presidente Michel Temer. A decisão tomada ontem à noite coloca o PSB em rota de colisão com o Planalto.

Com isso, o partido caminha para se colocar na oposição ao governo Michel Temer. O pai do ministro de Minas e Energia, Fernando Filho, senador Fernando Bezerra Coelho (PSB-PE), disse que o cargo do filho está à disposição.

Caso o partido se coloque mesmo como oposição, o que aconteceria com a entrega do cargo, a base do governo Temer na Câmara perderá 35 integrantes, passando de 411 para 376. Para aprovar uma PEC (Proposta de Emenda à Constituição) como a da reforma da Previdência são necessários ao menos 308 votos.

Com a decisão, os deputados da bancada maranhense devem seguir a orientação do partido. São dois deputados socialistas: Luana Alves e Zé Reinaldo Tavares. Luana já havia se posicionado contra as reformas. Mas Zé Reinaldo votaria a favor do governo peemedebista.

Roberto Rocha

O posicionamento do PSB coloca o Senador Roberto Rocha em saia justa. Rocha é defensor do governo golpista. Rocha tem votado sempre de acordo com as vontades do Palácio do Planalto.

Com a determinação do PSB, pode estar sendo decretada a saída de Rocha do partido.

Corte do Fundeb pode prejudicar pagamento de abril do estado e de todos os municípios maranhenses

Deputados maranhenses denunciam corte do Fundeb que deve prejudicar pagamento da folha de abril para Estado e municípios

Em discurso na tribuna da Câmara Federal, o deputado Weverton Rocha (PDT-MA) denunciou o corte de R$ 224 milhões do Fundeb do Maranhão referentes a repasses adiantados em dezembro de 2016 ao estado e aos municípios.

A medida do governo foi publicada no Diário Oficial da União no último dia 20 e atinge também o Ceará, Paraíba e Bahia.

Os municípios e o Estado irão muita dificuldade para pagar a folha deste mês. Grande parte da folha é composta de servidores da educação e utiliza justamente o Fundeb para pagamento. Só o governo do Estado perde R$147 milhões, a prefeitura de São Luís, R$ 11 milhões e assim também perdem muito os demais municípios. A maioria absoluta perde mais de meio milhão.

A bancada propôs para que se este débito seja negociado, se foi dado recurso a mais em dezembro, que se parcele, mas não tire em um único mês um volume e recurso tão grande de recursos. Já existe inclusive precedente.

O presidente da Famem, Cleomar Tema, esteve na Câmara e disse que os prefeitos estão desesperados.

Além de Weverton, o coordenador da bancada, Rubens Júnior, Zé Reinaldo e Juscelino Filho tomaram a frente e pedem audiência com o ministro da educação, Mendonça Filho e demais membros do governo federal para reverter.

Lista secreta de Janot tem R$ 17 milhões em propina. Roseana está entre os que ainda não apareceram…

Fatos ainda não publicados podem revelar que a ex-governadora Roseana Sarney (PMDB) e outros políticos maranhenses também estão entre os investigados pelo Supremo Tribunal Federal (SFT) no âmbito da Operação Lava Jato. O jornal O Estado de S. Paulo noticiou que algumas petições feitas pela Procuradoria-Geral da República (PGR) ainda estão mantidas em sigilo por determinação do ministro Edson Fachin, relator da operação no STF. A chamada “lista secreta” incluiria pagamentos de vantagens indevidas em nove campanhas eleitorais, num total de R$ 17,43 milhões. Em 2016, Roseana foi citada em documentos de um ex-diretor da Odebrecht, como uma das beneficiárias de doações irregulares da empresa nas últimas três décadas.

A ex-governadora, o senador Edison Lobão (PMDB), e o ministro do Meio Ambiente, Sarney Filho (PV) aparecem na lista do ex-presidente da Odebrecht Infraestrutura, Benedicto Barbosa Silva Júnior, o BJ, com o nome de cerca de 200 políticos que receberam doações ilegais e propinas da construtora.

Na residência de BJ, no Rio de Janeiro, foram encontrados papeis e arquivos de 30 anos de movimentação fraudulenta da empresa. As planilhas continham codinomes relacionados a valores de obras públicas, recibos de transações bancárias e remessas de recursos ao exterior.

Na lista, onde cada beneficiário dos favores da empreiteira tinha um codinome, Roseana Sarney é identificada como ‘Princesa’. Os outros membros da família Sarney listados, Sarney Filho e Fernando Sarney, foram apelidados, respectivamente, de ‘Filhote’ e ‘Filhão’, em uma referência ao pai, o ex-presidente e ex-senador José Sarney.

Edinho Lobão também responde acusações na Lava Jato

Matéria do Jornal O Globo demonstrou que os suplentes de senadores também estão complicados na Lava Jato. São 64% dos suplentes de deputados federais e 67% dos suplentes de senadores — todos investigados na Lava-Jato — respondem ou já responderam a acusações pelos mais variados crimes, de compra de votos e improbidade administrativa a estupro de vulnerável e homicídio.

Edinho Lobão pode herdar o posto de senador do pai, Edison Lobão (PMDB-MA), sob investigação por corrupção no âmbito da Lava-Jato. Lobão Filho é alvo de processos por ocultação de patrimônio, falsidade ideológica e sonegação fiscal por, supostamente, ter escondido a propriedade de uma empresa de bebidas sob o nome de laranjas. Recentemente, o Ministério Público da Suíça apresentou ainda documentos apontando contas secretas no país em nome dele.

Por e-mail, Lobão Filho afirmou a O Globo que as contas estão declaradas e não são movimentadas há 30 anos. Segundo ele, as acusações são “assuntos com origem de 20 anos, exaustivamente explicados, mas que a imprensa insiste em explorar”.

— Hoje, o simples depoimento de quem está sob tortura no “pau de arara”, e quer sair de qualquer maneira (da cadeia), serve para julgar e condenar qualquer cidadão — defendeu-se.

PSDB não definirá posicionamento no Maranhão tão cedo

Tucanos maranhenses terão que esperar definição nacional

Não adianta o ex-prefeito Sebastião Madeira pressionar, se reunir com Roberto Rocha ou Geraldo Alckmin. O cenário de caos político não é propício para que o PSDB tome posição sobre o Maranhão tão cedo.

Os tucanos estão com sérios problemas na Lava Jato e ainda precisam definir qual sua estratégia para as eleições presidenciais: lançar Aécio neves, Geraldo Alckmin, João Dória ou até abdicar de candidatura própria. O terreno da política nacional anda é de areia movediça. Não tem como pensar em resolver a situação do Maranhão sem antes solucionar o problema dos tucanos a nível nacional.

Se a candidatura e o comando do partido forem de Geraldo Alckmin, Madeira pode ter vantagem na situação. Se for Aécio Neves, a vantagem é de Carlos Brandão, que pode conduzir a aliança com Flávio Dino, a continuidade da vice para o partido e a neutralidade de Dino nas eleições presidenciais. Aécio tem plena confiança em Brandão.

O cenário ainda mais imprevisível é se nesse tufão, o PSDB imaginar que sua melhor alternativa é a candidatura do prefeito de São Paulo, João Dória.

Com tanta indefinição da política nacional, é difícil imaginar que os generais tucanos irão se preocupar em definir com antecedência a situação do partido no Maranhão. Não adianta Madeira espernear. Essa decisão ainda irá demorar muito.

Temer não quer nenhum dos favoritos para o lugar de Janot na PGR

Temer não quer nem o irmão de Flávio Dino (Nicolao Dino), nem Mario Bonsaglia e nem a aliada de Sarney (Raquel Dodge)

O presidente Michel Temer busca uma saída para a vaga de Priocurador-Geral da República, já que Rodrigo Janot vai deixar o cargo. A ideia de Temer é um nome em que ele possa confiar, mas seja mais próximo a Janot, para dar ideia de continuidade da Lava Jato. O PGR é o chefe do Ministério Público Federal e exerce as funções do Ministério Público junto ao Supremo Tribunal Federal. É uma posição estratégica importantíssima.

O Planalto já vislumbra um perfil que atende a esses requisitos: Blal Dalloul, secretário-geral da PGR desde junho de 2016. Em setembro, Temer vai indicar ao Senado Federal o substituto de Janot pelos próximos dois anos.

O problema é que os favoritos para a lista tríplice são três nomes que Temer não quer.Até agora, seis subprocuradores são pré-candidatos ao cargo: Nicolao Dino, Mario Bonsaglia, Raquel Dodge, Ela Wiecko, Carlos Frederico e Sandra Cureau.

No MPF, a expectativa inicial é de que a lista tríplice seja composta pelos três primeiros: Dino, Bonsaglia e Dodge.

Dino é irmão do governador do Maranhão, Flávio Dino (PC do B), oposição a Temer, assim como Wiecko. Bonsaglia é considerado sem traquejo político para o cargo, e Dodge, que atuou na operação “Caixa de Pandora” (que investiga o mensalão do DEM no Distrito Federal), é vista por assessores do presidente como próxima a José Sarney (PMDB-AP), o que resultaria numa nomeação complicada.

OU seja, nem o irmão de Flávio Dino, nem a procuradora ligada a Sarney são desejadas.

Após demanda judicial, FMF decide suspender Campeonato Maranhense

Bola para de rolar e disputa agora é no TJD

A Federação Maranhense de Futebol decidiu suspender o jogo entre Cordino e Sampaio, que seria realizado neste domingo (23) em Barra do Corda. A partida seria a primeira final do segundo turno do estadual.

A decisão foi tomada por conta do impasse judicial. A polêmica começou porque o Sampaio e Moto. O Moto entrou na Justiça contra a vantagem que o Sampaio tinha na partida. Ou demanda no Tribunal de Justiça Desportiva (TJD) é do Imperatriz. O Cavalo de Aço quer anular a partida contra o Cordino na final do primeiro turno alegando que a Comissão Estadual de Arbitragem de Futebol do Maranhão (CEAF-MA) teria descumprido o Estatuto do Torcedor ao não realizar sorteio para a arbitragem que trabalhou naquele jogo.

O TJD deve se reunir na próxima semana e as decisões determinarão o futuro do campeonato.

“Todos por São Luís” celebra dois anos com vasta programação no aniversário do João de Deus

O programa “Todos por São Luís” está realizado esta semana mais uma edição. A culminância ocorre com uma vasta programação no sábado (22), no bairro João de Deus. A iniciativa da Prefeitura de São Luís completa dois anos e oportuniza às comunidades atendidas o acesso a vários serviços em saúde, assistência social, cidadania e outros. Nesta etapa, que teve início na segunda-feira (17), o programa traz novos cursos e oficinas priorizando a geração de renda e trabalho ao público participante. Criado na gestão do prefeito Edivaldo e coordenado pela primeira-dama Camila Holanda, essa é a 43° edição do programa.

“O Todos por São Luís é um momento de continuarmos o que já estamos fazendo por toda desde a primeira gestão: visitando os bairros, vistoriando os serviços e conversando com a população, para apresentar as nossas principais ações e também ouvir as demandas da comunidade. Vamos levar para o João de Deus, no dia do aniversário do bairro, uma grande ação social com um amplo leque de serviços. Durante esta semana realizamos uma série de oficinas e formações para esses moradores. Além disto estamos trabalhando em toda a cidade, em cada lugar temos uma obra, uma ação que melhora a vida do nosso povo”, destacou o prefeito Edivaldo.

A programação do “Todos por São Luís” conta com mais de 30 atividades, incluindo apresentações culturais e ações de lazer. Durante a semana, a comunidade tem acesso a cursos na área de artesanato, produção de alimentos, reciclagem e tecnologias. Um ponto forte do programa é a interação com as comunidades a partir das rodas de conversas.

“Programamos uma edição com novidades para o público e o objetivo é sempre estimular para o aprendizado de uma profissão que pode gerar emprego e renda às famílias no mercado de trabalho ou em suas próprias casas. Em todas as edições a população tem sido parceira e se envolvido nas atividades. Só temos a comemorar nestes dois anos de um trabalho exitoso”, pontuou o coordenador executivo da ação, Arivaldo Martins.

O cronograma de cursos e oficinas é definido em reuniões com a comunidade. Na lista estão oficinas para produção de itens diversos (porta treco, porta retrato, porta toalhas), de decoração de tiaras, arranjos florais, de sacola de presente, origami, chaveiro, entre outros. Ainda pintura facial, desenho livre para crianças, decoração de garrafas e reutilização de garrafas pet, customização de panos de prato, de confecção de bonecas de pano e outros.

Entre os cursos mais procurados estão os da área de produção de alimentos, segundo o coordenador executivo da ação. “As turmas sempre estão lotadas para estas oficinas e em grande maioria, são donas de casa que querem somar no orçamento do lar e pessoas que já trabalham neste ramo e pretendem aprender mais ou se atualizar”, explica Arivaldo Martins. Culinária regional; oficina de pães, doces e salgados; bombons regionais; Chefes Mirins, voltado para o público infantil; e a novidade, oficina de reaproveitamento de alimentos estão na lista de cursos neste segmento.

DIA ‘D’

No sábado (22), ponto alto da programação do “Todos por São Luís”, uma série de ações de saúde são disponibilizadas à comunidade. Os serviços serão oferecidos no Posto de Saúde do João de Deus, na Praça da Fraternidade com medição de pressão arterial, glicemia e consulta médica com clínico geral, ginecologia, odontologia e pediatria; consulta de enfermagem, aplicação de flúor, preventivo, orientações do sistema de vigilância alimentar e nutricional, farmácia básica, encaminhamentos para consultas especializadas e vacinação, inclusive contra o HPV, e outros serviços. A culminância do programa conta ainda com ações de aconselhamento pré e pós teste rápido, entrega de preservativo e orientações a respeito de DSTs.

Equipes de fiscais da Vigilância Sanitária estão disponíveis para orientar sobre licenciamento dos estabelecimentos, receber reclamações e informar sobre ações sanitárias nas feiras e mercados. O público poderá ainda consultar e vacinar seu animal de estimação, receber avaliação e orientação nutricional e relaxar com sessões de massoterapia.

A assistência social também leva serviços à comunidade nos atendimentos dos Centros de Referência e Assistência Social (Cras) e Centros Especializados de Referência e Assistência Social (Creas), Cadastro Único (CadÚnico), recadastramento do NIS, orientações sociais, além de encaminhamentos para os programas Bolsa Família e outros. Uma Feira de Artesanato montada na Praça da Fraternidade vai expor produtos da Feira do Produtor; equipamentos de iluminação pública com abordagem sobre ações realizadas pela Semosp; ações de embelezamento com limpeza de pele e maquiagem em parceria com as empresas Jafra e Mary Kay.

A coordenação preparou uma programação cultural para entretenimento de crianças e público geral. Se apresentam no espaço montado na Praça da Fraternidade a Banda da Guarda Municipal, organizado pela Secretaria Municipal de Segurança com Cidadania (Semusc); do grupo de teatro e dança ‘Ministério de Artes: Coreografia e dança’; e apresentação da Federação de Capoeira ‘Mara Brasil’.

CALENDÁRIO

O “Todos por São Luís” é aprovado como lei pela Câmara Municipal, tornando-se, política permanente do município. A iniciativa da Secretaria Municipal de Governo (Semgov) é executada em parceria com todas as pastas da administração municipal.

Desde o lançamento, o programa já percorreu mais de 30 comunidades da capital e, segundo estima a coordenação do “Todos por São Luís”, já foram mais de 150 mil pessoas beneficiadas diretamente pelo programa. Nesta edição, serão atendidos a população do João de Deus e das adjacências Vila Conceição, Vila Lobão, Residencial João Alberto, Jardim Conceição, Pirapora, São Bernardo, Santo Antônio.