Pesquisa: Flávio Dino lidera com 33 pontos de vantagem

Foi divulgada pesquisa realizada pelo instituto Exata sobre as intenções de voto para o governo do Estado em 2018. É a primeira pesquisa de um instituto com tradição em pesquisas no Maranhão. O levantamento apontou vitória do governador Flávio Dino (PCdoB) ainda no primeiro turno em uma eventual disputa com Roseana Sarney (PMDB).

Flávio Dino marcou 59 pontos percentuais, contra apenas 26% de Roseana. Nulos/brancos marcou 10% e 5% disseram não saber ou não responderam.

A consulta também mostrou a dificuldade da ex-governadora em mudar esse quadro, porque 47% (rejeição) disseram que não votariam nela de jeito nenhum, quase o dobro do número de votos que ela recebeu dos entrevistados.

Foram ouvidas entre os dias 23 e 26 de março 1400 pessoas em 40 municípios do Maranhão.

São Luís é um dos melhores lugares para se viver, diz pesquisa

São Luís está entre um dos melhores lugares do Brasil para se viver. Foi o que apontou um levantamento da revista Veja baseado no Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), referência usada para medição de qualidade de vida de uma região.

Na região Nordeste, a capital maranhense tem posição bem agradável. É a quarta cidade que agrega melhores condições para se viver. Fica atrás apenas de Fernando do Noronha (considerado um dos lugares mais aconchegantes do país), Recife e Aracaju. Note que, entre as capitais do Nordeste, São Luís é a terceira melhor.

A informação consta em matéria assinada por Denise Chiarato, da revista Veja, com o título “As melhores cidades para morar em cada região do Brasil”.

Nem o Ibope consegue esconder a liderança de Edivaldo

edivaldo

Até mesmo o Ibope, Instituto que faz o jogo do Clã Sarney e sempre destoa dos demais institutos pode esconder a liderança de Edivaldo Holanda Júnior na corrida eleitoral em São Luís. Mesmo com todos os institutos apontando uma liderança muito mais folgada de Edivaldo, o Ibope deu vantagem apenas de quatro pontos, mas teve que apontar a virada do atual prefeito.

De acordo do instituto a serviço do Clã, Edivaldo lidera com 52% das intenções de votos contra 48% de Eduardo Braide (PMN) na disputa do segundo turno das eleições municipais em São Luís, considerando os votos válidos. Brancos, nulos e indecisos somam 8%. A pesquisa foi realizada nos dias 25 a 27 deste mês e 805 eleitores foram ouvidos. Ela foi registrada no Tribunal Regional Eleitoral sob o protocolo No MA-03448/2016 e tem a margem de erro máxima estimada de 3 pontos percentuais para mais ou para menos.

Em comparação com a pesquisa anterior, Edivaldo cresceu seis pontos. Logicamente, o mesmo percentual pra baixo de Braide.

Pesquisa Ímpar: Edivaldo tem 52,6% contra 37,4% de Braide

pesquisaimparO Imparcial – Se a eleição fosse hoje, o candidato do PDT, Edivaldo Holanda Jr., venceria com 52,6% dos votos, aponta o Instituto Impar Pesquisas, contratado pelo Grupo O Imparcial, que edita o jornal Aqui-MA. Eduardo Braide, o concorrente do PMN, tem 37,4%.

Os eleitores que não sabem compõem 4,6%; brancos, nulos e nenhum dos candidatos 4,8% e outros 0,6%. Os dados são da amostra espontânea, na qual não são apresentados os nomes da disputa.

Na modalidade estimulada, na qual são apresentados os candidatos aos entrevistados, Edivaldo aparece com 52,7%, enquanto Eduardo tem 37,8%. Não sabem alcançam 4% e brancos, nulos e nenhum, 5,5%.

A pesquisa foi contratada pelo Grupo O Imparcial e registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) sob o protocolo MA-02071/2016. A margem de erro é de 3,0% para mais ou para menos, o nível de confiança é de 95% e o tamanho da amostra é 1100 entrevistados.

Essa é a terceira pesquisa contratada por O Imparcial para as eleições em São Luís. Além de intenção de voto, a amostra levantou dados de aprovação dos governos estaduais e municipal, publicados, com exclusividade, na versão impressa do jornal O Imparcial.

No primeiro turno, a Impar Pesquisas foi uma das que mais se aproximou ao resultado do pleito, exceto pelos números do candidato do PMN, Eduardo Braide, que cresceu na reta final devido à participação do debate da TV Globo.

Pesquisa Exata: Edivaldo lidera com 10 pontos de vantagem

A pesquisa do Instituto Exata, contratada pela TV Guará, mostra o candidato Edivaldo Holanda Júnior (PDT) com uma liderança de 10 pontos de vantagem. Assim como nas outras pesquisas, é preciso levar em consideração os votos válidos, e não a pesquisa estimulada. Ou seja, a liderança leva em consideração apenas os votos nos candidatos, desconsiderando brancos e nulos.

img-20161026-wa0066

Edivaldo tem 55% contra 45% de Eduardo Braide (PMN). Nem a TV Guará, com sua campanha aberta em favor de Braide consegue esconder a liderança de Edivaldo.

A pesquisa Exata/TV Guará ouviu 800 pessoas entre os dias 19 e 21 de outubro e está registrada na Justiça Eleitoral sob o número MA-08089/2016. A margem de erro é de quatro pontos percentuais para mais ou para menos e o grau de confiabilidade é de 95%.

Rejeição 

Braide também já é o mais rejeitado na pesquisa Exata e atinge patamares que impossibilitam o avanço para ser eleito. O candidato do PMN é rejeitado por 41%, enquanto Edivaldo é rejeitado por 35%. Poderiam votar nos dois 19% e 5% não votam em nenhum.

Aprovação do governo Flávio

img-20161026-wa0068

A aprovação do governo Flávio Dino alcance ótimo patamar, de acordo com a Exata. O governo do comunista é aprovado por 62% dos ludovicenses, enquanto 33% não aprovam.

Pesquisa Econométrica: Edivaldo lidera com 13 pontos de vantagem

A cinco dias do 2º turno, o prefeito e candidato à reeleição Edivaldo Júnior (PDT) ampliou para 13,8 pontos percentuais a diferença para o candidato Eduardo Braide (PMN), segundo pesquisa Econométrica, contratada pelo Jornal Pequeno.

votos-validos

Pelo levantamento, Edivaldo tem 56,9% dos votos válidos contra 43,1% de Eduardo Braide. No cálculo dos votos válidos são retirados brancos, nulos e indecisos.

Na pesquisa estimulada, Edivaldo também lidera com 52% das intenções de votos, enquanto Braide tem 39,4%. Brancos e Nulos somam 4,4% e 4,1% não sabem ou não responderam.

A pesquisa foi realizada no dia 20 de outubro e registrada no sistema PESQELE do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o nº MA-04728/2016. Foram realizadas 1014 entrevistas nos bairros e na zona rural de São Luís. A margem de erro é de 3 pontos percentuais para mais ou para menos com um intervalo de confiança de 95%.

EVOLUÇÃO

econometricaevolucao

As três pesquisas realizadas pelo Instituto Econométrica, no 2º turno, apontam crescimento do candidato à reeleição Edivaldo Júnior e queda de Eduardo Braide. Na pesquisa divulgada no dia 14 de outubro, Edivaldo tinha 52,3%, depois no levantamento divulgado no último dia 20 chegou a 52,6% e agora tem 56,9%. Eduardo Braide começou com 47,7%, depois caiu para 47,4% e agora para 43,1% dos votos válidos.

REJEIÇÃO

O Instituto Econométrica avaliou também o índice de rejeição dos candidatos a prefeito de São Luís. Eduardo Braide é o mais rejeitado pelos entrevistados com 44,1%. Edivaldo tem 31,9% de rejeição. Votariam nos dois candidatos 16,7% dos eleitores, enquanto 3,2% não votariam em nenhum dos dois. Não sabem ou não responderam 4,2% dos entrevistados.

Próximas pesquisas: Econométrica/JP e Exata/TV Guará

pesquisaeleitoralEstão registradas no site da Justiça Eleitoral mais duas pesquisas de institutos grandes para divulgação já nos próximos dias .Para divulgação nesta terça-feira (25), a pesquisa do instituto Econométrica, contratada pelo Jornal Pequeno. Já na quarta-feira (26), será a divulgação da pesquisa Exata da TV Guará.

A pesquisa Econométrica ouviu 1.000 pessoas no dia 20 de outubro. A margem de erro é de 3 pontos percentuais.

A pesquisa Exata foi registrada sob o número MA-08089/2016. Foram ouvidas 800 pessoas entre os dias 19 e 21 de outubro. A margem de erro é de 4 pontos percentuais.

Econométrica: Edivaldo mantém liderança com mais de 5 pontos de vantagem

Foi divulgada nova pesquisa do instituto Econométrica de intenção de votos para a sucessão municipal em São Luís. O prefeito e candidato à reeleição, Edivaldo Holanda Júnior (PDT), lidera. Se as eleições fossem hoje, pelos votos válidos, Edivaldo teria 52,6% contra 47,4% do candidato Eduardo Braide (PMN); uma vantagem de pouco mais de 5 pontos percentuais à frente do adversário.

votosvalidos

Na soma dos votos válidos são retirados brancos, nulos e indecisos, critério utilizado pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral) para a totalização dos votos.

Na pesquisa estimulada, Edivaldo aparece com 48% das intenções de votos contra 43,3% de Eduardo Braide. Apenas 3,8% dos entrevistados disseram votar branco ou nulo, enquanto 4,8% não sabem ou não responderam.

A pesquisa contratada pelo Jornal Pequeno está registrada no PESQELE da Justiça Eleitoral sob o nº MA-07755/2016 e foi realizada entre os dias 13 e 15. Foram ouvidos 1014 eleitores e a margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos com um intervalo de confiança de 95%.

Na pesquisa espontânea, em que não são apresentados os nomes dos candidatos, Edivaldo também lidera com mais de cinco pontos de diferença sobre o adversário. O candidato do PDT tem 46,4% das intenções de votos, enquanto Eduardo Braide tem 41%. Brancos e nulos somam 3,2% e não sabem ou não responderam 9,5%.

Rejeição

A pesquisa Econométrica mensurou, também, o índice de rejeição dos candidatos. Segundo a Econométrica, Eduardo Braide tem 40,1% de rejeição, enquanto o prefeito e candidato à reeleição aparece com 35,3% neste quesito. Poderiam votar nos dois candidatos 18,8% dos entrevistados. Não votariam em nenhum dos dois 2,5% e 3,3% não sabem ou não responderam.

Segundo ainda a pesquisa Econométrica, a decisão sobre o voto está consolidada para 81% dos eleitores. É quase definitiva, mas ainda pode mudar até as eleições para 8,5%. É apenas decisão inicial e ainda estão pensando em quem vão votar 7,7% do eleitorado e 2,9% não sabem ou não responderam.

Próxima rodada de pesquisas eleitorais

PESQUISAMais uma rodada de pesquisas de intenção de votos para São Luís vem aí. As pesquisas foram muito equilibradas até o momento. Os dois institutos a serviço do grupo Sarney, Escutec e Ibope, deram vantagem de Eduardo Braide (PMN). Enquanto DataM e Econométrica apontaram vitória de Edivaldo Holanda Júnior (PDT).

A Econométrica irá divulgar sua segunda pesquisa do segundo turno na próxima quinta-feira (20). A pesquisa do instituto foi contratada pelo Jornal Pequeno.

A próxima pesquisa DataM tem a divulgação prevista para a próxima sexta-feira (21). É mais uma pesquisa em parceria TV Difusora/ Sinduscon. A aplicação dos questionários ocorre entre hoje (17) e amanhã (18).

No mesmo dia (21) será divulgada a primeira pesquisa do instituto Exata. A pesquisa contratada pela TV Guará já encerrou a coleta.

Já no sábado (22), é a vez do jornal O Estado do Maranhão divulgar a segunda pesquisa Escutec.

Apesar da sempre contante desconfiança se são ou não inflacionados os números dos candidatos de acordo com os contratantes, será importante verificar se teremos tendência de crescimento ou queda de alguém ou o cenário se manterá de disputa acirrada até a eleição.

Econométrica também crava vitória de Edivaldo no primeiro turno

O prefeito Edivaldo Holanda Júnior deve ser reeleito prefeito de São Luís em primeiro turno, segundo pesquisa do Instituto Econométrica, contratada pelo blog do John Cutrim (JP) e divulgada ontem. De acordo com a sondagem, Edivaldo tem vantagem de 25,1 pontos sobre Wellington do Curso, seu principal adversário. Na pesquisa estimulada, onde são apresentados os nomes dos candidatos ao eleitor, Edivaldo lidera com 48,3% de intenções de voto, seguido de Wellington do Curso, com 23,2%; Eliziane Gama, com 8,2%; Eduardo Braide, com 4,3%; Rose Sales, com 3,0%; Fábio Câmara, com 2,2%; e Cláudia Durans, com 0,6%. Os candidatos Valdeny Barros e Zé Luis Lago pontuaram com 0,1%. Dos entrevistados, 5,9% disseram que não votariam em nenhum dos candidatos e 4,1% não sabem ou não responderam.

pesquisa-1

Considerando somente os votos válidos — sem os brancos e nulos, resultado utilizado pela Justiça Eleitoral para aferir o candidato vencedor —, Edivaldo lidera com 53,7% dos votos. O percentual seria suficiente para o pedetista ser reeleito ainda no primeiro turno. Wellington figura na segunda posição, com 25,8% das intenções de voto válidos, seguido de Eliziane com 9,1%; Eduardo Braide, 4,8%; Rose Sales, 3,3%; Fábio Câmara, 2,4%; Cláudia Durans, 0,7%; e Valdeny Barros e Zé Luis Lago, com 0,1% cada.

pesquisa-2

Segundo turno

A Econométrica também fez simulações de segundo turno. No cenário entre Edivaldo e Wellington do Curso, Edivaldo seria reeleito com 54,3% das intenções de voto, contra 34,1% de Wellington. 9,2% não votariam em nenhum deles e 2,4% não sabem ou não responderam. Quando enfrenta a candidata do PPS Eliziane Gama, Edivaldo também sai vitorioso, com 59,4% contra 22,2%. Destes, 15,1% não votariam em nenhum deles e 3,3% não sabem ou não responderam.

Rejeição

pesquisa-4

A Econométrica mostra que Eliziane Gama é a mais rejeitada, alcançando 36% dos eleitores. Edivaldo aparece em segundo com 24,5% de rejeição, Wellington do Curso alcança 24,3%, Fábio Câmara 20,9%, Rose Sales 15,4%, Zé Luis Lago 12,6%, Cláudia Durans 12,2%, Eduardo Braide 12,1%, e Valdeny Barros 9,6%. Disseram que não votariam em ninguém 3,4%, e 9,1% não sabem ou não responderam.

Expectativa de vitória

pesquisa-5

Em relação à expectativa de vitória, 72,9% dos eleitores, a grande maioria, acreditam na vitória de Edivaldo. 18,2% acreditam em Wellington, 2,3% em Eliziane, 0,2% em Eduardo Braide, 0,1% em Fábio Câmara, 0,1% em Cláudia Durans. 6,2% não sabem ou não responderam. Ainda de acordo com a pesquisa Econométrica, a aprovação do prefeito Edivaldo é de 58,1% contra 38,8% que desaprovam. Já o governador Flávio Dino tem aprovação em São Luís de 61,3%. Os que desaprovam o seu governo são 36,1%.

A pesquisa, realizada nos dias 27 a 29 de setembro, ouviu 1000 pessoas e está registrada no PESQELE sob o Nº MA-04997/2016. O erro amostral é de 3% com um intervalo de confiança de 95%.