São João ribamarense é sucesso de público e movimenta economia da cidade

sao joao 2Organizado pela prefeitura municipal e contando com uma programação composta por brincadeiras da terra, o São João 2016 da cidade de São José de Ribamar está sendo sucesso de público e está contribuindo com a movimentação da economia em vários bairros.

A programação está disponível no www.sjr.ma.gov.br. A festança, é importante destacar, conta com o apoio do governo do estado.

Além do Parque Municipal do Folclore Therezinha Jansen, localizado na orla marítima da sede do município, a programação acontece em vários outros arraiais oficiais – Vilas (Vila Flamengo), Matinha (sede do Bumba-Boi), Parque Vitória (Praça do Rodão), Panaquatira (Viva), Rio São João (Viva), Piçarreira (Viva), Nova Terra, Turiúba, Laranjal, Miritiua, Parque Araçagi, Parque Jair, Vila Sarney Filho – e outros terreiros que também estão recebendo o apoio da prefeitura.

sao joao 3“A programação está muito boa e diversificada. Além disso, há muita segurança nos arraiais, o que nos oferece a oportunidade de levar a família para festejar. Sem dúvida nenhuma, está sendo o maior e melhor São João de todos os tempos em Ribamar”, comentou a turista carioca, Ana Maria Oliveira, que está passando férias na cidade balneária.

Entre as centenas de comerciantes que estão trabalhando nos arraiais, o clima também é de alegria.

Com uma barraca no arraial das Vilas, a cozinheira Judite Sousa, moradora da Vila Flamengo, conseguiu, somente em uma semana, aumentar consideravelmente a sua renda mensal.

Ela está comercializando bebidas e gênero alimentícios, dentre elas comidas tradicionais do período junino.

“Estamos tendo lucro porque os arraiais de Ribamar estão bem organizados, com uma boa programação e com preços acessíveis. O ribamarense, diante disso, prefere ficar na cidade, brincar com a família perto de casa e não mais sair para ir para festas em outros municípios, como São Luís”, avaliou.

Acompanhando a festa de perto, o prefeito Gil Cutrim (PDT) disse estar satisfeito com o resultado do São João 2016. De acordo com ele, o período junino, além de valorizar a cultura genuinamente ribamarense, deve ser trabalhado como um mecanismo fomentador de geração de emprego e renda.

Lava Bois

Nos dias 02 (sábado) e 03 (domingo) de julho, o período junino no Maranhão será oficialmente encerrado com a realização do tradicional Lava Bois de São José de Ribamar. Este ano, o evento chegará a sua 63ª edição e deverá reunir mais de 100 mil brincantes.

A programação do Lava Bois acontece na sede do município com shows culturais e o tradicional encontro de grupos de Bumba-Boi.

Mistura de Ritmos e sotaques encerram a última noite do Arraial da Vila

Roberto Rocha e Roberto Rocha Júnior prestigiaram encerramento do arraial

Roberto Rocha e Roberto Rocha Júnior prestigiaram encerramento do arraial

Alegria, segurança e muita diversão marcaram as três noites do 1º Arraial da Vila, no bairro Vila Vicente Fialho. Com uma programação bastante diversificada, o arraial atendeu a todas as expectativas do público que lotou a Rua São João, ao lado da igreja católica da Vila Cruzado, local onde foi realizado o evento.

Durante três dias, a comunidade pôde prestigiar várias manifestações da cultura maranhense, como o Boi Brilho da Ilha, Boi de Nina Rodrigues, Boi Mocidade Axixaense, Cacuriá de Dona Teté, Tambor de Crioula Jardim de São Benedito, além de quadrilhas, dança portuguesa e bandas locais. O arraial ainda foi animado com os shows da dupla sertaneja Stanley & Cristian e da cantora Natália Leite, ex-vocalista da banda Reprise.
A realização do arraial foi uma iniciativa da Associação Cultural Recriar, com apoio da prefeitura de São Luís, do vereador Roberto Rocha Júnior (PSB) e da Associação Nós da Comunidade.

Para Roberto Júnior, o evento foi uma oportunidade que a população teve de se divertir de maneira segura, sem precisar se deslocar para outros bairros. “É uma festa do povo e para o povo, que foi organizada com muito carinho, para que a comunidade da Vicente Fialho, Vila Cruzado e adjacências possam brincar, e conhecer mais de perto a nossa cultura local”, disse.

arraialvila1arraialvila2

Mais de 110 mil pessoas passaram pelo Terreiro da Maria

arraial (2)Com 17 dias de programação ininterrupta, apresentações de 204 atrações culturais e um público estimado pela Guarda Municipal e Polícia Militar de mais de 110 mil pessoas, o Arraial Terreiro da Maria na Praça Maria Aragão repetiu o sucesso das edições anteriores e superou a expectativa de público. O encerramento da programação ocorreu no domingo (29), dia de São Pedro.

Promovido pela Prefeitura de São Luís, por meio da Fundação Municipal de Cultura (Func), o último dia da festa foi iniciado às 18h, com o derrubamento do mastro erguido no dia 13 deste mês, dia da abertura do arraial. O momento especial foi acompanhado pelas caixeiras do Divino Espírito Santo.

Já o palco da Praça Maria Aragão recebeu como primeira atração da noite o Tambor de Crioula do Laborarte (Laboratório de Expressões Artísticas do Maranhão), grupo com mais de 40 anos e que trabalha com artistas locais em oficinas de tambor de crioula, cacuriá, capoeira, percussão, teatro, dança popular e outras produções.

A cantora Teresa Canto também foi uma das atrações do Terreiro da Maria. No repertório, a artista interpretou músicas de grupos juninos como Boi da Maioba e do cantor Pablo do Arrocha. “Eu gosto demais do período junino, das brincadeiras, dos grupos de bumba-meu-boi, sou fã da nossa cultura”, declarou ao público.

O Terreiro da Maria também recebeu ainda os grupos de boi Fé em Deus (zabumba), Vargem Grande (sotaque de orquestra) e de Maracanã (matraca). “Estamos nos apresentando pela primeira vez aqui na Praça Maria Aragão. O que é uma honra para os nossos brincantes, pois esse é o maior arraial de São Luís”, destacou a presidente do Boi de Vargem Grande, Elizangela Raposo. O folguedo tem 21 anos de fundação e 60 componentes.

Por sua vez, o Barracão do Forró contou com as apresentações da banda Raízes da Terra e de Marinaldo do Forró, este último também participou da “Noite do Forró”, promovido pela Func na Praça Maria Aragão no último dia 26.

NOVIDADES

Com o encerramento da programação deste ano do São João de São Luís, o presidente da Func, Francisco Gonçalves, anunciou os projetos para a edição do Terreiro da Maria de 2015, na qual pretende ampliar a infraestrutura do arraial montado na Praça Maria Aragão e trazer mais novidades para incrementar a programação junina, com a montagem de espaços onde serão oferecidas oficinas de dança para ensinar o cacuriá, o tambor de crioula e outros folguedos típicos da capital maranhense.

“O arraial da Praça Maria Aragão se consolidou como o maior e mais importante terreiro da cidade, não só pelo público presente, mas porque toda São Luís se encontrou aqui. Desse ano, para o ano passado, tivemos uma maior diversidade das brincadeiras, ou seja, a oportunidade de ver um panorama da diversidade cultural do Maranhão, ao mesmo tempo em que acrescentamos a política de salvaguarda no terreiro de brincadeiras que correm o risco de desaparecer, como a dança do Lelê e do Coco”, informou Francisco Gonçalves.

Segundo Francisco Gonçalves, a Func pretende fazer uma série de modificações no arraial da Maria Aragão em 2015, tanto no formato como na programação. Na montagem do terreiro, a ideia é a possibilidade de incorporar o espaço da Praça Gonçalves Dias ao acampamento junino, sobretudo para a realização de atividades com crianças.

“Ainda sobre os espaços, vamos criar mais um que é o Barracão do São João, para que quem venha à Praça também tenha a oportunidade de aprender a dançar o tambor de crioula, o cacuriá e outras brincadeiras”, explica.

Em 2014, a montagem do terreiro teve 20 barracas, sendo 16 barracas para a comercialização de bebidas e comidas típicas; uma para o Espaço do Artesanato, o Barracão do Forró, dois espaços institucionais para a prestação de serviços e o Espaço do Turista.

Detran alerta pais sobre o uso da cadeirinha para crianças

cadeirinhaMuitos pais e futuros pais estão aproveitando o período junino para saber a maneira correta de usar o dispositivo de segurança para crianças, as famosas “cadeirinhas”, no stand do Departamento Estadual de Trânsito do Maranhão (Detran-MA) no Arraial da Lagoa da Jansen.

A lei que torna obrigatório o uso dos equipamentos de segurança começou a vigorar desde o ano de 2010, cujo principal objetivo é alertar os pais sobre o uso correto dos equipamentos de segurança para crianças, como a cadeira tipo bebê conforto, a cadeirinha, o assento de elevação e o cinto de segurança.

“O Detran-MA quer mostrar que o uso das cadeirinhas pode salvar a vida do seu filho. Com isso, o Departamento espera diminuir o número de crianças vitimas fatais em acidentes de trânsito. Os pais precisam perceber que a cadeirinha é uma amiga que pode salvar a vida do seu filho e que o não uso da mesma além de multa e pontos na carteira pode significar a perda de um inocente”, afirmou André Campos, diretor geral do Detran-MA.

A Maria Luisa tem 4 anos e sempre utilizou a cadeirinha, mas a mãe explica que a cada dia fica mais difícil convencer a filha a usar, por isso, ela utiliza algumas técnicas. “Ela às vezes reluta em ficar na cadeirinha, então sempre coloco um DVD pra ela assistir ou musicas para ela ficar ouvindo, sempre converso com ela e tento explicar que é necessária a utilização da cadeirinha”, afirmou Jucelia Ganz, médica e mãe da Maria Luisa.

A equipe de educadores do Departamento chamam a atenção para o uso do dispositivo de segurança para as crianças, desde a saída da maternidade, a Cleisse é mãe do Mateus de 8 meses. “Sempre fui muito preocupada com a segurança do meu filho, quando descobrir que estava grávida fiz uma lista do que era essencial comprar para o Mateus e a cadeirinha estava nessa lista. Assistimos nos jornais como crianças sobrevivem a grandes acidentes, por que estavam na cadeirinha. Depois que tive o Mateus e voltamos pra casa, ele foi de cadeirinha no banco traseiro comigo junto dele”, enfatizou Cleisse Magalhães, administradora.

“Achei bem bacana essa iniciativa do Detran, estou grávida de 5 meses e sei que vou precisar comprar o bebê conforto. Não tinha a mínima ideia de como utilizar, depois da explicação das educadoras já sei como vou colocar o bebê de maneira correta e segura”, enfatizou Margarida Santos, professora de matemática.

Com informações da assessoria.

Bárbara Soeiro e Honorato batizam Boi Encanto de São Cristovão

IMG-20140621-WA0000Os vereadores Bárbara Soeiro (PMN) e Honorato Fernandes (PT) participaram do batismo do Boi Encanto de São Cristovão neste final de semana. O Boi é tradicional no bairro e conta com o apoio do casal Bárbara e Albino Soeiro há muitos anos. 

Este ano, Honorato foi escolhido como padrinho do Encanto de São Cristovão. Rafaela, filha de Honorato, foi a madrinha. O convite foi feito pela presidente Nega. A festa de batismo mobilizou o bairro para a temporada junina deste ano. 

barbarasoeiroO Boi de orquestra se apresenta com trompetes, sax, contrabaixo, violão, banjo, cavaquinho, zabumba, pandeirões e matracas. Os cantadores Erlanes e Lucas Neto comandam o grupo nos festejos.

Detran-MA cria espaço dedicado para as crianças no Arraial da Lagoa

detrancriancasMuitos já ouviram dos pais ou de qualquer adulto, frases do tipo: “não corra para atravessar a rua”, “antes de atravessar a rua olhe para os lados” ou “só atravesse na faixa de pedestre”. Esse cuidado se deve por que o trânsito está cada dia mais perigoso e violento.  E exatamente, por isso, que é importante que toda criança conheça as leis de trânsito e as respeitem.

 Pensando nisso, o Departamento Estadual de Trânsito do Maranhão      (Detran-MA) reservou um espaço especial para as crianças no Arraial da Lagoa da Jansen. Para desenvolverem um trabalho educativo por meio de desenhos lúdicos, mostrando assim a importância da participação delas no dia a dia orientando os adultos.

É o caso da Alice Viegas Glianome, de 8 anos, que já conhece muito bem as cores e o significado do sinal de trânsito e principalmente a faixa de pedestre. “Quando o sinal está vermelho devemos aguardar, o verde indica que os carros pararam e eu posso atravessar a rua e o sinal amarelo indica que tenho que ter atenção e esperar mais um pouco. Quando vou pra escola sempre atravesso na faixa de pedestre, por que é o correto”, enfatiza a garota.

O pai de Alice fala que a filha cobra quando ele ou a mãe esquece de seguir as regras de trânsito. “Ela aprendeu na escola e quando eu fico desatento cobra, principalmente quando se trata do cinto de segurança e da faixa de pedestre, ela reclama se não fazemos da maneira certa”, afirma Luis Felipe Glianome, administrador.

Pintando os desenhos que remetem ao trânsito, Naggell Caue dos Santos Nogueira, de 9 anos de idade, fica em silêncio e bastante concentrado para não errar nas cores e conta que na escola a professora ensina os cuidados e os deveres que tanto pedestres, como motoristas devem ter. “A tia da escola ensina que devemos atravessar somente nas faixas de pedestres e quando tiver sinal de trânsito só podemos atravessar quando ele estiver vermelho para os carros. Ela também falou que devemos cuidar para que nossos pais ou qualquer adulto não desobedeça as leis de trânsito”, afirmou Nagell.

A Coordenação de Educação para o Trânsito do Detran-MA faz este trabalho durante todo o ano nas escolas para educar esses pequenos pedestres e futuros motoristas. Para isso, utilizam formas lúdicas para chamar a atenção da garotada e dessa vez trouxeram para o Arraial da Lagoa essa atividade.

“Nosso objetivo é apresentar de forma criativa para as crianças alguns princípios básicos do trânsito, voltados principalmente à segurança e a postura que elas devem ter perante a sinalização e como podem chamar a atenção dos pais para não cometerem infrações que possam colocar a vida dessa família em perigo”, enfatizou o Diretor Geral do Detran-MA, André Campos.

E a atividade surtiu efeito, a Isadora Ferreira de 6 anos enquanto pintava foi explicando o significado de trânsito e faixa de pedestre. “Trânsito é o movimento de pessoas e carros nas ruas e estradas, já a faixa de pedestre é um monte de listas brancas pintadas no chão, a mamãe e a tia da escola disseram que só podemos atravessar a rua nelas”, comentou a menina.

Já as crianças menores queriam apenas pintar e se divertir conhecendo os mascotes do Detran-MA que estavam desenhados em folhas de papel. Foi o caso do Lucas Gabriel Nogueira de 3 anos e da Maria Eduarda Nogueira de 4 anos que ficaram encantados com os mascotes.

“O espaço educativo do Detran-MA funciona todas as noites no stand do departamento no Arraial da Lagoa da Jansen, onde todos os pais e responsáveis estão convidados para levarem as crianças e, assim de forma criativa e divertida, ensinar esses jovens pedestres e futuros condutores à importância das leis de trânsito, para que sejam multiplicadores dessas informações, destacou a educadora para o trânsito do Detran-MA, Lindinalva Ribeiro.