Para seu corpo voltar ao eixo, faça um detox de café da manhã

Depois do período de comilança das festas de fim de ano e as “jacadas” típicas das férias o seu corpo pode sofrer com o peso dos exageros e, para voltar ao eixo, nada melhor do que promover um grande detox, começando pelo café da manhã. São muitas as opções de sucos para fazer uma verdadeira faxina no organismo logo no desjejum. Conheça mais uma a seguir:

Café da manhã detox para emagrecer

Os nutricionistas recomendam dar um descanso ao organismo e ingerir somente refeições líquidas pela manhã, já que em épocas de muitas confraternizações as regras da dieta precisam ser revistas quando o organismo corpo pede um descanso.

De acordo com eles, apenas deixar de comer no dia seguinte de uma “farra alimentar” não ajuda o corpo a eliminar os excessos e que investir em compostos detox no período matutino é essencial para promover saúde.

Gengibre, limão, couve, chá de dente de leão ou um líquido quente com boas gorduras são opções que podem trazer mais alívio ao acordar, já que refeições matinais secas ou muito frias podem piorar os sintomas de mal-estar, principalmente se você exagerou nas bebidas alcoólicas.

O que fazer para conquistar um bronzeado saudável e duradouro

A estação mais quente do ano chega e a maioria de nós quer deixar
o visual branco-escritório de lado. Porém, deitar na canga sob o sol e
esperar que a mágica do bronzeamento
aconteça a qualquer custo é uma péssima ideia: expor-se aos raios
solares sem a devida atenção pode causar, além de vermelhidão,
descamação e manchas, problemas como envelhecimento precoce e câncer de pele.

Listamos os cuidados necessários para conseguir um bronze saudável e que dura muitas semanas:

1.  Prepare a pele
A esfoliação corporal
retira as células mortas e garante uma superfície mais homogênea. Isso
reverte em um bronzeado mais uniforme e sem manchas. Receita caseira:
misture uma xícara de açúcar com ¼ xícara de óleo de coco. Aplique sobre
todo o corpo com movimentos circulares e suaves, e enxague com água
morna.

2. Tome sol num horário seguro
A maior emissão de raios ultravioletas, conhecidos por causar o
câncer de pele, acontece entre às 11h da manhã e 16h da tarde. Por
isso, o ideal é expor-se ao sol apenas fora desses horários, sempre com protetor solar. Segundo especialistas, o ideal é escolher um filtro com pelo menos um FPS 30 e aplicá-lo pelo
menos 30 minutos antes da exposição solar. Reaplique o
produto a cada duas horas ou após um mergulho no mar ou piscina.
Chapéus, viseiras e bonés também formam uma barreira extra contra os
raios solares.

4. Turbine a hidratação
Um dica de receita caseira para manter a pele hidratada é: bata no liquidificador uma xícara
de coco ralado, uma colher de sopa de aveia e um copo de leite morno
até que virem um creme uniforme, aplique sobre todas as áreas do corpo e
deixe agir por 15 minutos e enxágue com água fria.

Agora siga as dicas e tenha um bronzeado saudável!

Com informações da revista Boa Forma 

Alerta de beleza: saiba os riscos dos cosméticos fora do prazo de validade

Olá, gente!! 

Sabe aquela paleta de sombras que você nem lembrava mais que tinha – menos ainda desde quando – e estava perdida no fundo da necéssaire? Ou aquele batom que você comprou há mais de ano e continua usando? É bom ficar atenta porque essas maquiagens podem estar vencidas. E, além de não ter o mesmo efeito de antes,  também podem causar alguns problemas de saúde.

Quando vencido, o produto pode sofrer oxidação, ocasionando problemas como alergias, coceiras, vermelhidão, inchaço, descamações e, em casos mais críticos, podem aparecer bolhas e queimaduras. Na saúde dos cabelos, o couro cabeludo pode sofrer irritações, piora da caspa, aumento da oleosidade, além do ressecamento dos fios. Quanto aos cosméticos para a região dos olhos, existe risco de conjuntivite e até infecção na córnea 
Isso acontece porque não é só o efeito que perde a validade com o tempo.
Os cosméticos são um ótimo espaço para a proliferação de fungos e bactérias e os conservantes justamente são colocados na fórmula para evitar este problema. Por isso, é tão importante estar atento à validade. Quando o produto está fora do período de validade, ele deixa de fazer efeito e ainda aumenta a possibilidade de contaminação.
Mas não são apenas produtos fora do prazo que podem trazer problemas.
Às vezes, mesmo estando dentro do prazo, alguns produtos estragam. Isso pode ocorrer porque a embalagem não é bem fechada, é guardada em lugar inadequado ou, ainda, porque houve a contaminação por bactérias que passam das mãos para o produto. Por isso, é recomendado estar atento e analisar frequentemente alguma modificação estranha no aspecto, consistência, cor e cheiro. 
Como saber se o produto pode ser utilizado
  • Coloque uma pequena quantidade no antebraço
  • Aguarde algumas horas antes de limpar
  • Repita por dois dias
  • Se a pele não ficar irritada neste período, é sinal de que pode usar normalmente.
Com informações da Revista Donna.

Depilação livre de stress e irritações? Conheça a Depile-se

Olá pessoal!!

Nosso post de hoje é sobre a depilação, e quem é que não gosta de sentir o corpo bem lisinho sem aqueles pêlos indesejados, mas com a pele hidratada e sem irritações? Ningúem né? Por isso, hoje vamos falar sobre tudo isso com as profissionais da Depile-se Renascença, vamos lá?

Bom, pra começar, vou contar um pouquinho da minha experiência com depilação. Eu tenho a pele muuuuito seca e facilmente ela tem irritações causadas pelo ato de depilar, o que mais eu sofria era com as minhas pernas que estavam sempre cheia de feridinhas que deixavam marcas horríveis e eu até evitava usar um short ou saia, andava sempre de calça por vergonha das minhas pernas. Chegava a irritar tanto que sangrava. Lembro que por diversas vezes minha mãe brigou comigo por depilar com gilette, e daí eu comecei a usar cremes “milagrosos”, aqueles que você deixa um pouquinho e depois os pêlinhos caem, mas o cheiro era insuportável, quando não era cheiro de ovo era de relaxamento de cabelo. Tentei cera quente, pronto! Piorou tudo, pois a cera quente deixava queimaduras na pele, sem falar que a ardência que eu sentia depois da depilação era terrível.

Então, conheci a DEPILE-SE, um novo método de depilação surgia em minha vida e foi aí que eu pude entender o motivo da minha pele ser tão irritada e também pude ser muito bem orientada pelas profissionais da casa. Vejam só como foi a minha visita por lá:
 
Esses dias eu tive um verdadeiro tratamento de princesa e eu vou contar tudinho pra vocês, vamos assistir o vídeo?

Viram só? Tratamento maravilhoso e o melhor é que a aparência da minha pele mudou instantaneamente e para finalizar a Jane usou o Hidratante de Coco que é um restaurador da camada hidrolípidica , calmante, e com um cheiro maravilhoso!

CONHECENDO A DEPILE-SE
Bom, a
DEPILE-SE  entende que cada mulher é única e merece ser tratada de
maneira especial. Para eles depilação é muito mais do que remover pelos, é
elevar a autoestima. Com cuidado, carinho e proteção. Para isso, eles dedicam a nos
ouvir e acompanhar as principais queixas da gente que já estamos cansadas dos
métodos convencionais de depilação. Agressivos, incômodos e extremamente
dolorosos.

Para eles, o especial é poder oferecer
á você produtos que realmente façam a diferença na sua pele e na
sua autoestima. E o bom é que você pode usufruir de todos os
benefícios que eles oferecem, na sua casa. 

Além de depilação eles também trabalham com DESIGN DE SOBRANCELHAS, LIMPEZA DE PELE e DEPILAÇÃO MASCULINA!! 

 

PRODUTOS

A linha de produtos da Italian Diamond foi pensada
visando transformar a depilação em um momento suave e relaxante. Os produtos
contêm em sua formulação ingredientes que hidratam, tratam, e preservam a
saúde da pele. Coisa boa, né? Tem produtos para toda área do corpo e vale a pena conhecer.

Gente, o lugar é incrível, atendimento personalizado e o melhor é que você saí de lá com a alto estima lá em cima! Então… eu te convido a conhecer a Depile-se!!

Avenida Colares Moreira, 19

Jardim Renascença – São Luís – MA – Estacionamento por trás do Tropical Shopping.

Telefone:(98) 98888-6789

Saiba por que você está sempre com fome

Hoje o Bem+ vai falar de saúde, e uma das coisas primordiais para
tê-la é comer bem. Mas o que dizer das “beliscadas” durante o trabalho? Você é daquelas que chega em casa e abre a geladeira
cada vez que passa na cozinha? Não consegue assistir televisão sem estar
abraçada com um pote de pipoca? Este post é para você!!!
Bom, para começar vou te
fazer uma pergunta: você sabia que beliscar toda hora faz com que seu organismo
não funcione como deveria e, em muitos casos, a balança denuncia o aumento de
peso? 

Então, veja o que os nutricionistas dizem sobre a “fome que nunca
passa”:
3.
Exagera nos carboidratos simples

Com informações da Revista Donna

1. Você está desidratada
A desidratação leve é muitas
vezes interpretada como a sensação de fome, quando na verdade o seu corpo só
precisa de líquidos. A confusão acontece no hipotálamo, a parte do cérebro que
regula tanto apetite quanto a sede. Se você sentir fome e não bebeu muito,
tente tomar um copo de água e esperar 15 a 20 minutos para ver se a sua fome
desaparece. Parece simples, não?
2. Não dormir bem
No momento em que você
acorda, após uma noite de sono ruim, dois hormônios relacionados ao apetite já
começaram a conspirar contra você. Estudos comprovam que alterações no sono
podem levar ao aumento dos níveis de grelina (um hormônio que estimula o
apetite), bem como a diminuição dos níveis de leptina (um hormônio que provoca
sensação de saciedade) – sem falar que os níveis de cortisol podem aumentar também.
No caso do cortisol, uma noite mal dormida não fará diferença, no entanto, se
isto ocorre frequentemente, pode ser um fator que colabora com seu ganho de
peso. Portanto, depois de uma noite em que você não descansou, você fica
mais propenso a ter fadiga e alterações do humor e apetite. Muitas vezes,
regularizando o seu sono, você pode melhorar muito seu nível de energia e
controlar melhor a fome, com seus hormônios de volta nos trilhos.

Já notou como um chocolate
ou qualquer outro doce deixa você incapaz de resistir a comer outro e outro
doce? Até que toda a caixa de chocolate se acabe? Esse é o sinal que o seu
cérebro e seu corpo está “viciado” em carboidratos. Carboidratos simples, do
tipo encontrado em doces, alimentos de farinha branca, como bolos, bolachas e
biscoitos, aumentam seus níveis de açúcar no sangue muito rapidamente. Só que,
em seguida, esses níveis logo diminuem também rapidamente porque seu pâncreas
percebe e também aumenta muito a produção de insulina (hormônio produzido pelo
pâncreas para manter os níveis de glicose normais). Essa queda de açúcar no
sangue provoca fome intensa por mais carboidratos, e o ciclo continua. Já
reparou que muitos restaurantes deixam pãezinhos brancos saborosos de entrada na
mesa? Se fosse para diminuir a fome e o cliente gastar menos, eles jamais
fariam isso!
Para manter a forma, a dica
é evitar esse tipo de carboidrato (açúcar refinado, farinha branca, bolachas,
pães doces), e assim manter seus níveis de açúcar no sangue numa média sem que
haja grandes aumentos ou quedas (tendência à hipoglicemia). Prefira os
carboidratos complexos com mais fibras e, com isso, menor secreção de insulina.
A fibra também dá maior saciedade.
4. Você está estressada
Você é daquelas que se preocupa
demais com tudo? Fique esperta: o estresse pode aumentar a sua fome. Quando
você está muito tensa, ocorre aumento na produção de hormônios do estresse:
adrenalina e cortisol. Os níveis elevados destes hormônios enganam o
corpo, que pensa que está sob ataque (pelo estresse) e precisa de energia. É
quando sua fome aumenta, principalmente de carboidratos para ter rápida
resposta de energia. O estresse também reduz os níveis de serotonina do
cérebro, e que também pode aumentar sua fome. Considere isso como um
motivo para pensar seriamente em rever sua rotina, reduzir os níveis de
estresse e iniciar atividades para relaxamento. Vale investir em atividade
física, meditação, ou qualquer outra coisa que lhe traga prazer.
5. Você precisa comer mais
proteína
Parece simples, e é. Comer
mais proteína magra e gordura saudável traz mais saciedade. A proteína aumenta
a saciedade, mas também reduz a fome, sem falar que as proteínas são os
macronutrientes essenciais para a construção e reparação do nosso corpo. A ingestão
diária recomendada varia de acordo com estado físico e grau de atividade. Para
indivíduos sedentários, a recomendação é de cerca 0,8g de proteínas por kg de
peso, mas isso varia. Consulte sua nutricionista para decidir o que se adapta
mais às suas necessidades.
6. Você não está comendo
gordura suficiente
Assim como a proteína, a
gordura “do bem” (insaturada) também está ligada à saciedade. Tenha certeza que
quando você fica satisfeito após uma refeição, é mais provável que sinta menos
fome na sua próxima refeição e que sua saciedade perdure por mais tempo.
Adicione alimentos como os azeites, nozes e sementes, abacates. Também já é
comprovado que melhoram a função cerebral e memória, além de diminuir risco
cardiovascular! A recomendação é de que se consuma de 20 a 35% de suas calorias
totais diárias em gordura.
7. Você pula refeições
Quando você pula uma
refeição e seu estômago está vazio por muito tempo, ele aumenta a produção do
hormônio grelina que regula a fome, causando então aquela sensação de vazio e
muita fome. Como regra geral, tente não deixar que mais de 4 a 5 horas entre as
refeições. Não precisa ser de 3 em 3 horas, exceto se existe muita fome neste
intervalo, ok?
8. Você inala a sua comida
Quando você devorar sua refeição, o estômago pode
estar cheio, mas você não permitiu o seu cérebro tempo suficiente para
registrar aquela plenitude. Quando seu cérebro ainda está no escuro, ele mantém
seu apetite e você continua a comer. Um estudo publicado em 2013 no Journal
of Clinical Endocrinology & Metabolism
 suporta isso, descobrindo
que comer a um ritmo moderado solicita a liberação de hormônios que indicam ao
cérebro “não mais”. Tente comer sua comida devagar, saboreando cada mordida e
desfrutando o ritual de uma boa refeição. Espere pelo menos 20 minutos antes de
decidir se você realmente precisa de outra porção. Isso é sobre quanto tempo
leva para que o sinal de plenitude para chegar ao seu cérebro.