Seguem as investigações sobre a morte de vigilante no bairro Araçagi

Na madrugada do dia 13 de agosto, foi registrado o homicídio de um vigilante identificado como Dimas Pereira Burgo, 69 anos, foi morto com um tiro na cabeça. Dimas Pereira era vigilante da casa há mais de 10 anos.

Segundo a polícia, os moradores da residência onde Dimas trabalhava afirmaram, em depoimento, que por volta das 4h eles se assustaram com um estampido. A princípio, eles acharam que algo havia caído no chão, mas quando foram verificar, viram que o som era de um tiro que havia atingido Dimas na cabeça.

O idoso morreu sentado na cadeira onde costumava ficar, durante o trabalho como vigilante. Testemunhas afirmam terem visto duas pessoas pulando o muro da residência. Agora, a polícia vai usar imagens de câmeras de segurança para identificar os autores do crime.