Homem que matou esposa atropelada é condenado a 14 anos de prisão

Raimundo Nonato do Carmo Santos foi condenado a 14 anos de reclusão por homicídio qualificado pelo homicídio da esposa, identificada como Luciene dos Santos Lima.

O crime ocorreu no dia 31 de janeiro de 2017, na Vila Natal, em Pedrinhas. A vítima foi atropelada na frente da sua residência pelo Raimundo Nonato.

Na sentença, os jurados reconheceram as qualificadoras do uso de meio cruel e feminicídio. A pena deve ser cumprida inicialmente em regime fechado, sendo garantido o direito do réu recorrer em liberdade pois é primário.

Pela manhã, a repórter Nice Ribeiro acompanhou as primeiras horas do julgamento.Veja: