Defensoria apresenta projeto de núcleo ecológico às comunidades do Bacanga

A Defensoria Pública do Estado (DPE/MA) apresenta nesta terça-feira (13), às 17h, o projeto de implantação de um núcleo ecológico e autossustentável na área Itaqui-Bacanga durante audiência pública. O núcleo será o primeiro do projeto de expansão da instituição. A construção de núcleos com estruturas modulares metálicas, conhecidas como contêineres, o que permitirá manter o processo de expansão, gastando menos e de forma sustentável. A obra é 70% mais barata que a construção em alvenaria, com de imóvel com características semelhantes.

Compreendendo uma população de aproximadamente 300 mil habitantes, reunidos em cerca de 60 bairros, a área Itaqui-Bacanga, situada na região metropolitana de São Luís, será o primeiro conglomerado habitacional a ser beneficiado com as unidades autossustentáveis. Os recursos para a implementação do núcleo ecológico da área Itaqui-Bacanga foram garantidos pelo deputado estadual Neto Evangelista, por meio de emenda parlamentar.

A implantação de núcleos ecológicos integra o projeto “Defensoria mais perto de você”, que prevê a construção de estruturas modulares metálicas conhecidas como contêineres. Os núcleos serão dotados de placas solares, que garantirão impacto positivo nas contas mensais de energia elétrica e sistema de reuso de água, contribuindo também para a preservação do meio ambiente.

Além da economicidade alcançada pela estrutura do núcleo, outro ponto de destaque do projeto é que o mesmo contará com a contratação de mão de obra carcerária. A atuação das pessoas presas é prevista em convênio de cooperação assinado com a Secretaria de estado de Administração Penitenciária (Seap) para a inclusão de pessoas presas em ciclos produtivos de trabalho, ampliando a oferta de ocupação digna aos internos e potencializando as atividades de reintegração social.