Juiz do trabalho esclarece no NHD dúvidas sobre o saque do FGTS

O anúncio do Governo Federal de que será possível sacar quantias depositadas no Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) trouxe uma série de dúvidas para os trabalhadores. Antes dessa medida, só era possível retirar o dinheiro em caso de demissão do emprego, aposentadoria ou para quitar parcelas de financiamentos habitacionais ou em caso de doença grave. Sobre o assunto, o jornal Na Hora D recebeu nesta quinta-feira (08) o juiz do trabalho, Paulo Fernando da Silva Junior.