BPA fiscaliza ocupações irregulares no Parque Estadual do Bacanga

O Batalhão Ambiental realizou na manhã desta sexta-feira (02) fiscalizações em ocupações irregulares na área do Parque Estadual do Bacanga.

A operação foi realizada na localidade conhecida como Residencial Primavera, área do Coroadinho. A região é de difícil acesso, foram retiradas estacas, palha e outros materiais que seriam utilizados para construção de casas.

O residencial fica em uma área de preservação ambiental com mais de 2.600 hectares. Segundo o comandante do Batalhão de Polícia Ambiental, José Lisboa, o trabalho de fiscalização e operações para coibir o avanço de ocupações nesta área vão continuar.