Passageiros reclamam dos horários de vendas dos bilhetes de ferryboat

Passageiros de ferryboat reclamam da forma e dos horários de vendas das passagens, no Terminal da Ponta da Espera. Várias denuncias já foram registradas junto ao Procon Maranhão.

Os serviços de transporte de ferry são realizados pela SERVIPORTO e Internacional Marítima, empresas terceirizadas pela Empresa Maranhense De Administração Portuária (EMAP). A primeira oferece a possibilidade de compra online, já a segunda só faz venda presencial. Fora do Terminal Ponta da Espera, as passagens só estão disponíveis em um ponto de venda na capital maranhense. A venda só é feita mediante pagamento à vista. Os clientes também reclamam das limitações dos horários de atendimento.

O Instituto Brasileiro de Estudo e Defesa das Relações de Consumo (Idebec) já recebeu mais de 30 denúncias de passageiros insatisfeitos com os serviços. Para tentar acordar melhorias, uma audiência de conciliação foi marcada para esta semana na Vara de Interesses Difusos e Coletivos.

Caso não haja acordo, o instituto pretende dar seguimento ao processo e pedir que à justiça obrigue as empresas a mudarem o padrão de atendimento.

Sobre as reclamações, foi solicitado posicionamento do Governo do Estado, que ainda não se manifestou sobre o caso. As empresas SERVIPORTO e Internacional Marítima também não se manifestaram.