Envolvidos em fraudes de precatórios seguem para Complexo Penitenciário

Dois servidores do Tribunal de Justiça do Maranhão e um terceirizado foram presos nesta segunda-feira (15), na sede administrativa do órgão, por envolvimento em fraudes de precatórios judiciais. O esquema também tinha a participação de uma quarta pessoa, na cidade de Goiânia.

A operação foi coordenada pelo Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (GAECO) e pela Polícia Civil. Após as prisões dos envolvidos, uma coletiva a imprensa foi realizada na sede do Ministério Público.