Vítima de tentativa de feminicídio perdeu parte da visão; suspeito vai a júri

Acontece desde a manhã desta quarta-feira (12), em São Luís, o júri popular de Eliezer da Cunha Reis. Ele cumpre pena no Complexo Penitenciário acusado de tentativa de feminicídio e cárcere privado por ter mantido a ex-companheira dentro de um quarto de motel.

No dia do crime, ele levou a mulher para o motel e insistiu que continuassem o relacionamento, que já havia terminado. O homem, então, atirou na vítima e o Ministério Público acredita que o motivo do disparo foi fútil.