Guilherme Boulos critica Reforma da Previdência e cortes anunciado pelo MEC

Neste sábado (18), o professor e coordenador do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto, Guilherme Boulos, foi o entrevistado do programa Resenha da TV Difusora. Boulos, que foi candidato à Presidência da República pelo PSOL no ano passado, comentou a nova Reforma da Previdência.

Ele ainda falou sobre o corte de verbas nas universidades federais. Recentemente, Boulos fez uma crítica nas redes sociais sobre o corte imposto pelo Ministério da Educação (MEC) às universidades , que varia de 15,8% a 54% de seus orçamentos, segundo dados apresentado Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior.

“Os cortes na Educação somam R$7,4 bilhões. O argumento foi falta de recursos. O governo prometeu R$40 milhões a cada deputado na Reforma da Previdência. São necessários 308 votos, R$12,3 bilhões. Não é matemática, é uma política sórdida que tira da Educação pra comprar votos”, escreveu Guilherme Boullos no Twitter.

Confira entrevista com Guilherme Boulos exibida hoje na TV Difusora: