Adolescente morre após ser arrastada durante enxurrada

Na cidade de Davinópolis, a 660 quilômetros da capital maranhense, foi encontrado na manhã desta sexta-feira (05) o corpo de uma jovem de 14 anos identificada como Weslany Silva que morreu após ser arrastada pela correnteza.

A vítima residia no bairro Planalto e, segundo o Corpo de Bombeiros, teria saído de casa para ver os estragos provocados pelas chuvas das últimas horas que assolaram a região tocantina.

O corpo teria sido encontrado por populares preso a uma cerca de arame farpado e coberto por pedaços de asfalto que cederam durante a enxurrada.

 

FORÇA-TAREFA

Como forma de reduzir os transtornos à população e atender às ocorrências relacionadas ao intenso período chuvoso, registrado em toda a região metropolitana de São Luís e em alguns municípios do estado, o Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão (CBMMA) e a Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa Civil (CEPDECMA) intensificam ações de intervenção e prevenção nas regiões mais castigadas pela ação das fortes chuvas.

Além da atuação na grande ilha de São Luís, as equipes concentram esforços em pelo menos 11 municípios que sofrem com inundações e alagamentos. Trizidela do Vale, Pedreiras, Alto Alegre do Pindaré, Santo Amaro, Santa Helena, Barreirinhas, Araguanã, Boa Vista do Gurupi, Turilândia, Bacurituba, Buriticupu são algumas das cidades em que a CEPDECMA destinou equipes para auxiliar as Coordenadorias Municipais de Defesa Civil nas ações de resposta a possíveis desalojados ou desabrigados.

Em Imperatriz, força-tarefa foi montada desde as primeiras horas desta sexta-feira (05), liderada pelo prefeito Assis Ramos. Ele decretou Estado de Calamidade Pública, diante da maior chuva que caiu na segunda maior cidade do Maranhão, nos últimos dez anos.