Votação que regulamenta app de transporte privado será retomada nesta terça

A discussão e votação sobre o Projeto de Lei que solicita a regulamentação de aplicativos do transporte privado em São Luís foi encerrado, na tarde desta segunda-feira (25), com alguns acordos, entre eles a cobrança de 5% de impostos sobre serviços (ISS) para as empresas e a abertura de dados dos usuários aos motoristas. O projeto começou a ser discutido por volta das 10h30 na Câmara municipal e a tarde foi encerrado, sendo a continuação da votação de outras emendas deixada para esta terça-feira (26).

O primeiro projeto de lei que trata da regulamentação do transporte por uso de aplicativos começou a ser discutido em janeiro de 2017. Hoje, a galeria foi ocupada por representantes das duas categorias diretamente envolvidas no assunto, motoristas de aplicativos e taxistas. Ambos cobrando a regulamentação do serviço, com uma diferença, os taxistas pedem a limitação do número de veículos prestando serviço por meio de aplicativo.

Atualmente são cerca de 15 mil motoristas trabalhando na Grande Ilha de São Luís por meio de aplicativo.