Abandono do parque ambiental Quinta do Diamante é motivo de insegurança

No início desse mês uma mulher foi abusada sexualmente dentro do parque ambiental Quinta do Diamante, localizado no centro de São Luís, por um homem identificado como Marcos Fernando Cardoso.

Há poucos metros do parque, funcionava a Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP), que recentemente mudou de endereço. Desde então a região ficou mais insegura.

Nos dias de hoje os frequentadores do parque são moradores de rua, além de pessoas intencionadas a cometer crimes. A segurança interna do parque é de responsabilidade da Guarda Municipal, que tem intensificado as rondas e as abordagens no local.