Delegado é preso por crime cometido há 17 anos no MA

O delegado Jean Charles da Silva foi preso pela Polícia Civil, nesta terça-feira (08), após ter sido condenado por um crime praticado em 2001. O delegado estava escondido em um condomínio no município do Paço do Lumiar.

Jean Charles da Silva atuava como delegado na cidade de Loreto, no Maranhão. De acordo com a polícia, ele foi condenado a 12 anos de prisão pela participação da morte de um detento, que foi enterrado em segredo. O corpo do apenado teria sido queimado pelo delegado após a população local ter encontrado o corpo.

Além disso, a pedido do Ministério Público do Maranhão, a Justiça chegou a determinar o afastamento cautelar de Jean Charles da Silva, do cargo. A Justiça determinou, ainda, a indisponibilidade dos bens do requerido, no valor de R$ 3.148,62.

A medida foi adotada pela juíza Lyanne Pompeu de Sousa Brasil e atendeu a uma Ação Civil Pública por ato de improbidade administrativa Pública apresentada pelo promotor de justiça Leonardo Novaes Bastos.