Famílias atingidas pelas chuvas receberão auxílio para reconstruírem suas casas

Famílias prejudicadas pelas fortes chuvas das últimas semanas no Maranhão poderão reconstruir suas residências com o auxílio do programa Cheque Minha Casa. O anúncio foi feito pelo governador Flávio Dino nesta sexta-feira (13), em Pedreiras.

“Nos municípios em que haja calamidade pública decretada e reconhecida, vai haver a possibilidade, mediante avaliação individual por domicílio feita pelo Corpo de Bombeiros, de darmos apoio financeiro às famílias”, afirmou o governador.

Cada família receberá um cheque no valor máximo de R$ 5 mil, conforme a avaliação do dano feita pelos Bombeiros. A loja fornecedora do material de construção ou do mobiliário e dos eletrodomésticos que receber o cheque será ressarcida mediante desconto do ICMS.

“É uma novidade, é uma política pública nova que vamos experimentar neste ano”, acrescentou Flávio. A Medida Provisória com a determinação já foi encaminhada nesta sexta-feira para a Assembleia Legislativa.

O programa Cheque Minha Vida já existe na Grande Ilha e agora vai ser estendido para municípios fortemente atingidos por enchentes e alagamentos.

Doações

Várias mobilizações têm sido organizadas para arrecadar doações para as famílias afetadas pelas chuvas no Maranhão e nessa quinta-feira (12), o Ministério Público do Maranhão a campanha MP Solidário – SOS Maranhão, cujo objetivo é arrecadar doações para a população dos municípios maranhenses atingidos pelas recentes enchentes. São aceitas doações de roupas, alimentos e materiais de higiene.

Em São Luís, os locais de coleta são a sede da Procuradoria Geral de Justiça e das Promotorias de Justiça, ambas localizadas na Avenida Professor Carlos Cunha. Em Imperatriz, as doações podem ser entregues na sede das Promotorias (Avenida Perimetral José Felipe do Nascimento, Qd. 21, Residencial Kubitschek).

Segundo a Defesa Civil, os municípios de Tuntum, Marajá do Sena, Pedreiras, Trizidela do Vale, Lago dos Rodrigues, Presidente Vargas, Brejo, São João do Sóter e Caxias foram os mais atingidos com as enchentes. Os municípios de Timbiras e Cantanhede estão em estado de alerta.