Solenidade marca início das obras do Porto São Luís

A concretização do projeto que prevê a construção do novo terminal de uso privado na capital maranhense teve início nesta sexta-feira (16), com a solenidade de lançamento da Pedra Fundamental do Porto. Esta primeira fase da obra do Porto São Luís concentra um investimento de R$ 800 milhões e deve ser concluída dentro de quatro anos, gerando cerca de 4 mil novos empregos diretos no estado.

Presente no momento, o governador do Maranhão, Flávio Dino, enfatizou o crescimento alcançado até o momento no estado e afirmou que a construção do porto marca mais uma realização para a economia local. “Empreendimentos como esse liderado pela associação empresarial entre a WPR e a CCCC garantem a continuidade desse ciclo de oportunidades, que nós visamos para as empresas e para os trabalhadores do estado”, disse.

O projeto foi desenvolvido durante os últimos 5 anos. Neste período, foi feito um levantamento socioeconômico na região e 90 famílias da comunidade Cajueiro foram cadastradas para negociação de compra e venda das casas além do remanejo dos moradores.

Sobre o licenciamento ambiental, o governador afirmou que o processo está dentro da legalidade. “As leis ambientais foram concluídas, foi conferido licenciamento. Nesse momento não há nenhum obstáculo para que esse importante empreendimento se concretize, no que se refere à parte ambiental”, apontou ele.

Também esteve prestigiando a solenidade uma comitiva de 65 altos executivos chineses, membros da China Communications Construction Company (CCCC), maior empresa de infraestrutura da China e uma das cinco maiores do mundo. Em setembro de 2017, a CCCC comprou 51% de participação no Porto São Luís.

O vice-presidente da CCCC South America Regional, Chang Yunbo, apontou que construção do porto é um avanço fundamental aqui, não só para o Maranhão, mas para os estados ao redor, por ser um grande local de exportação do agronegócio. Também afirmou que existe uma comunicação com a comunidade da região, que está sendo mediada por uma equipe local da CCCC. Segundo Chang, é interesse da empresa, como maior acionista, ter uma boa relação com a comunidade.

O porto

O Porto São Luís está sendo instalado na comunidade Cajueiro (Vila Maranhão) e terá capacidade de movimentação de cerca de dez milhões de toneladas por ano – sendo sete milhões de soja e milho, 1,5 milhão de fertilizantes, 1,5 milhão de carga geral e 1, 8 mil metros cúbicos de derivados de petróleo. A obra compreende uma área de 200 hectares onde serão construídos seis berços, sendo quatro na primeira fase de construção e dois na segunda, mais ponte de acesso, acesso rodoferroviário e pera ferroviária.