Preso suspeito de envolvimento com “golpe do falso médico”

Nessa quinta-feira (8), Maycon Douglas Araújo Almeida (23 anos) foi preso em flagrante delito pelo crime de estelionato. A prisão foi deflagrada pela Polícia Civil do Maranhão, por intermédio da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic), em parceria com a Delegacia de Roubos e Furtos de Rondonópolis/MT (Derf).

Maycon estava respondendo em liberdade provisória pelos crimes de roubo, porte ilegal de arma de fogo e tráfico de drogas.

Segundo a polícia, ele agia com comparsas que estão custodiados no presídio de Mata Grande, no estado do Mato Grosso, e o grupo aplicava um golpe em pessoas que estavam com familiares internados em estado grave em hospitais particulares de renome. Através de contato telefônico, eles fingiam ser médicos para solicitar o pagamento para a realização de exames e procedimentos em caráter de urgência, alegando iminente risco de morte.

Eles conseguiam detalhes do prontuário dos pacientes ligando para o hospital e passando-se por médicos da casa e, depois disso, entravam em contato com os familiares dos internados, utilizando as informações obtidas para solicitar os valores.

Foram feitas vítimas em vários estados, como São Paulo, Rio Grande do Norte, Mato Grosso do Sul, Rio Grande do Sul e Maranhão.

Segundo a Seic, apesar de o golpe ser bastante conhecido em todo o Brasil, e dos diversos avisos espalhados pelos hospitais, ainda é comum que eles consigam a vantagem em virtude da situação emocional das vítimas. No Maranhão, há relatos de pelo menos quatro casos apenas na última semana.