Tiago Bardal presta depoimento na Seccor

Delegado Tiago Bardal está prestando seu depoimento, na manhã desta sexta-feira (02), na Superintendência Estadual de Prevenção e Combate à Corrupção (Seccor), localizada no bairro São Francisco. Ele chegou acompanhado de um advogado e é ouvido por sete delegados e um promotor de Justiça.

Tiago Bardal, ex-superintendente de estadual de Investigações Criminais, foi exonerado do cargo por suspeita de envolvimento com milícia  após ser encontrado por uma patrulha da Polícia Militar (PM) em estrada onde a organização criminosa operava, que seria investigada na Operação ‘Combate à Corrupção’. No momento, ele estaria acompanhado do advogado. O caso de Bardal está à disposição do Poder Judiciário.

Segundo as investigações, a intenção do grupo era desviar de R$ 1,5 milhão a R$ 2 milhões em uísque e cigarros. O recurso seria utilizado para financiar outras atividades criminosas, como a compra de armas, de drogas e a corrupção de policiais.

Leia também sobre o caso:

Decretada prisão preventiva de suspeitos capturados em operação no Quebra Pote

Suspeitos de integrarem organização criminosa, PMs são presos em operação

Delegado Tiago Bardal é exonerado da Seic suspeito de envolvimento em milícia

Nomeada nova superintendente da Seic

Pedido de prisão preventiva de Tiago Bardal é realizado

Depoimento de advogado que acompanhava Bardal durou mais de três horas