Exposição que homenageia os 369 anos de Alcântara abre no dia 1º de novembro

Entra em cartaz, na próxima quarta-feira (1º) a II Exposição Olhares, que tem como tema “Divina Cidade – Tapuitapera a Alcântara”. A mostra é resultado do trabalho de alunos dos cursos de Comunicação Social, História e Design da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), e busca registrar diferentes perspectivas da cidade histórica conhecida pelos seus casarões e sobrados coloniais. A exposição de caráter educativo é uma homenagem ao município de Alcântara pelos seus 369 anos, que serão celebrados no dia 22 de dezembro deste ano.

Imagem: Flaviomiro Mendonça

O trabalho faz parte do projeto de extensão da universidade chamado “Fotografando Notícias”, que é desenvolvido pelo Laboratório de Fotografia do curso de Comunicação Social da UFMA e traz conhecimentos sobre fotojornalismo e fotografia artística, levantando discussões sobre a área de atuação e questionamentos dentro da profissão fotográfica.

De acordo com a professora Áurea Costa, o curso ajuda o aluno saber olhar o mundo.“A proposta do curso é fazer o aluno ter um olhar diferenciado da fotografia que não é só técnica, não é só apertar um botão, mas sim saber olhar o mundo que está a sua frente, pois a fotografia não é equação matemática fechada. A fotografia são possibilidades. Para isso é necessário aprender a ler a fotografia, estudar a linguagem fotográfica para repassar a informação com harmonia e dinamicidade”, explica.

Além da exposição, o curso também lançará em breve o jornal online “Fotografando Notícias”, atividade que oferece aos alunos a prática dos conhecimentos aprendidos e discutidos durante o curso.

A exposição “Divina Cidade – Tapuitapera à Alcântara” fica em cartaz até o dia 8 de novembro, de segunda a sexta-feira, das 09h às 20h, na Galeria Valdelino Cécio, no Centro de Criatividade Odylo Costa Filho (Praia Grande).